Blog / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Vídeo mostra defensor de Trump sendo agredido por “manifestantes” em aeroporto

A esquerda americana está cada vez mais radical, mais parecida com a brasileira. Só não percebeu isso quem é cego, quem está aprisionado no passado, nos tempos de um JFK como líder do Partido Democrata. Hoje o próprio JFK, católico e anticomunista, seria tachado de “ultraconservador” pelos esquerdistas.

Trump é o alvo prioritário dessa turma. E, para combater o “intolerante”, o “fascista”, vale tudo, inclusive demonstrar muita intolerância e práticas bastante fascistas. É o que têm feito muitos “manifestantes”, que saem quebrando coisas, intimidando, até agredindo.

Vejam esse caso ocorrido no Portland Internacional Airport. Numa dessas tantas “manifestações” organizadas pela cúpula esquerdista contra a medida do presidente para proteger a nação da entrada de eventuais jihadistas, um grupo de baderneiros partiu para a agressão e derrubou com um duro golpe um rapaz que estava lá para defender Trump:

Grant Chisholm, 39, contou que um dos “manifestantes” bateu nele três vezes com um objeto metálico. Acrescentou que ele desmaiou depois de vomitar, e mesmo assim foi agredido novamente na cabeça. Disse que quase morreu naquele dia. No vídeo acima vemos outra vítima dos agressores anti-Trump, os mesmos que estariam protestando em prol da “tolerância”. É possível ouvir um deles gritando “seu garoto foi derrubado”, e depois “Isso mesmo, garoto nazista, onde está a porra do seu Fuher agora?!”

Esse clima tem sido claramente fomentado pelas lideranças democratas. O próprio ex-presidente Obama rompeu uma longa tradição de silêncio no começo da nova gestão para dizer que seu coração está como todos aqueles que protestam no mundo todo pela “tolerância”. Qual? Essa? Quem é o verdadeiro fascista aqui? Aquele que foi legitimamente eleito pelo secular colégio eleitoral e tenta adotar a pauta que o fez vencer, ou aqueles que não aceitam a derrota e querem levar no grito?

Ontem uma líder dos protestos contra a escolha para a Suprema Corte foi entrevistada pelo Tucker Carlson, na Fox News. Era só clichê! Não sabia argumentar nada, só repetia que Gorsuch era “pelas grandes corporações” e “contra as minorias”, sem conseguir dar um só exemplo, cobrado pelo entrevistador. Uma senhora, intelectual, líder dos protestos! Só cego não viu ainda como os democratas migraram para a esquerda radical, agindo de forma destrutiva, dividindo para conquistar, fazendo como nosso PT e PSOL muitas vezes.

Congressistas democratas estão falando que vão obstruir a votação de Gorsuch como retaliação ao que fizeram os republicanos, não votando a indicação de Obama. Piada de mau gosto! Obama indicou alguém no MEIO de um ano eleitoral, seu último ano de governo! Tanto Bill Clinton como Obama tiveram uma postura bem diferente por parte dos republicanos no começo de seus governos, uma postura… republicana! Os democratas de hoje fazem tudo pelo poder…

Esse clima de nação dividida não é culpa de Trump, como alega a mídia, ela mesma parte do problema por ser torcedora em vez de fazer jornalismo. O clima é fruto de uma intenção deliberada da esquerda, que sempre fez isso no mundo todo, e não é mais tão diferente assim nos Estados Unidos. Quem acha que o Partido Democrata é moderado de centro não entendeu nada dos fenômenos das últimas décadas.

O alarmante grau de hipocrisia dessa turma já diz tudo. Eles falam em nome da democracia, da tolerância, do amor e da diversidade, mas agem diametralmente opostos a tudo isso, difamando, agredindo, destruindo a democracia, extremamente intolerantes com qualquer adversário, logo tratado como “ultraconservador” ou “fascista”. São tempos perigosos, e o maior perigo não vem da direita…

Rodrigo Constantino

PUBLICIDADE

Sobre / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito