Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Cursos

A situação econômica atual

Não é novidade que o tamanho da “herança maldita” deixada pelo PT é simplesmente gigantesco. Estamos falando de um governo quebrado, literalmente falido. Algo como R$ 170 bilhões de déficit fiscal para este ano e outros R$ 140 bilhões para 2017 representam uma cifra astronômica, adicionando dívida num estoque já assustador.

Em pouco tempo, o Brasil poderá ter uma dúvida pública igual ao PIB, o que significa um patamar extremamente arriscado, especialmente para países emergentes.

            Aplicando o conhecimento acerca do funcionamento básico da economia, podemos concluir que, se nenhuma reforma estrutural for feita, as finanças públicas continuarão em frangalhos. O que isso quer dizer?

            Cenário pessimista

            Trocando em miúdos, ou nosso governo consegue limitar para valer os gastos públicos, tendo a reforma da Previdência como a principal delas, ou teremos um quadro de constante instabilidade econômica à frente. A aprovação ou não das reformas e sua magnitude são apostas políticas, e o grau de otimismo ou pessimismo depende muito de cada um.

            O principal aqui é destacar a relevância dos fundamentos básicos da economia na análise da situação. Quem detiver bom conhecimento dessas bases saberá que, sem as reformas, não há milagres. Teremos: ou mais inflação ou mais impostos pelo caminho, ou mesmo ambos. E isso significa taxa de juros elevada e crescimento econômico anêmico, na melhor das hipóteses.

Não existem soluções mágicas

            Aquele que não domina a ciência econômica, ainda que de forma básica, será refém das promessas irreais dos políticos, ou acreditará nas “soluções mágicas” dos oportunistas de plantão, como taxar os mais ricos para resolver o rombo fiscal.

Se a demagogia falar mais alto e o governo for mesmo por esse caminho, aqueles que entendem as bases da economia saberão como os mecanismos de incentivo funcionam e quais as consequências (nefastas) dessa escolha.

Usando a crise a seu favor

            O Brasil viveu uma bolha durante o governo petista, e quem tinha acesso aos fundamentos econômicos básicos sabia disso, podendo evitar uma catástrofe ou até lucrar com a crise. Agora que a bolha estourou, o fundamental é detectar “quando” e “se” nossa economia sairá do buraco.

            Novamente, isso só é possível acompanhando as medidas tomadas pelo governo e filtrando-as com base nas boas teorias econômicas. A situação de nossa economia ainda é terrível, e o Brasil está à beira de um abismo. Se vai conseguir sair dessa e voltar a crescer, depende muito da coragem do governo em aprovar as reformas estruturais.

O analista precisa estar atento ao desenrolar da política, usando como lente seu conhecimento da economia. A alternativa é permanecer como um cego em tiroteio, como uma biruta ao vento, sem a menor noção de para onde estamos indo.

            No curso “Bases da Economia – Entendendo o funcionamento do Mercado”, tenho oportunidade de explicar melhor tudo que apresentei aqui, incluindo uma análise mais profunda sobre o atual cenário econômico.

Você irá entender as engrenagens que movimentam o dinheiro do mundo, seja na quitanda do bairro ou na corporação multinacional. Ao final de cada aula há uma sessão de perguntas e respostas, e você recebe também acesso ao grupo de discussões no Facebook, onde alunos e ex-alunos trocam ideias e experiências sobre os assuntos abordados.

Será um prazer ter você como aluno!

Bases da Economia – Entendendo o funcionamento do Mercado

Rodrigo Constantino

PUBLICIDADE

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito