Blog / 

    Rodrigo Constantino
    Rodrigo Constantino

    Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

  • constantino-homepage
    Sem categoria

    Gatonet é retrato da malandragem

    Se fosse uma companhia de TV paga, a pirataria seria a segunda maior empresa do setor no Brasil em número de usuários, perdendo apenas para a Net /Embratel. É o que mostra uma pesquisa da consultoria Business Bureau, revelada ao VALOR com exclusividade. Segundo o levantamento, existem 7 milhões de lares conectados a serviços pirateados no país….

  • constantino-homepage
    Sem categoria

    Mídia Ninja no Roda Viva

    Não foi fácil. Mas vi até o fim o programa Roda Viva da TV Cultura com Pablo Capilé e Bruno Torturra, da Mídia Ninja. Ossos do ofício. Se o futuro do jornalismo vem daí, estamos fritos! Não vou nem falar do “body language” do Capilé, “saca?”, pois isso seria desviar o foco, “saca?” A forma…

  • Sem categoria

    O trânsito é nosso Vietnã

    A reportagem de capa da revista VEJA dessa semana traz dados atualizados e mais realistas acerca da quantidade de vidas perdidas em acidentes de trânsito no país. São estarrecedores, chegando a 60 mil mortes! A revista chama a atenção para o verdadeiro culpado desse absurdo: Costumam-se apontar a precariedade das estradas, a infraestrutura deficiente, a…

  • constantino-homepage
    Sem categoria

    CVM: um xerife lento

    A reportagem principal no caderno de economia do GLOBO de hoje fala da morosidade dos processos na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o xerife do mercado financeiro. Além disso, a CVM aplica inúmeras multas, mas na hora de recolher o dinheiro, só uma ínfima parcela é de fato cobrada. Diz o jornal: Desde 2008, a…

  • constantino-homepage
    Sem categoria

    Ninja estatal

    Deu no GLOBO: Ninjas querem verba oficial para sobreviver A reunião patinava, sem que os presentes se entendessem sobre o uso ou não de recursos públicos, até que um homem barbudo, de blusa molhada, interrompeu o recinto para anunciar: —Invadimos a Câmara Municipal! Uma explosão de vivas e aplausos tirou o terceiro encontro da Mídia…

  • Sem categoria

    A banalidade do mal

    Finalmente fui ver o filme Hannah Arendt, de Margarethe Von Trotta com impecável desempenho de Barbara Sukowa. Um relato sucinto do instigante momento em que a filósofa teve seu insight sobre a “banalidade do mal”, durante o julgamento do nazista Adolph Eichmann. Com debates profundos sobre a natureza do mal, o filme faz o espectador…

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito