Blog / 

    Rodrigo Constantino

    Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

  • Sem categoria

    Alguém lembra do Fome Zero?

    Relendo meu livro Estrela Cadente: As trapalhadas e contradições do PT, de 2005, vejo como era previsível o fracasso petista, ao menos para quem não estava cego pela ideologia. Um caso interessante é o programa Fome Zero. Lembram dele? Lula achou que ganharia até o Nobel da Paz pelo programa, aquele genuinamente petista. Mas foi um…

  • Sem categoria

    Domingo é dia de descanso? Ou: O socialismo sindical ainda quebra a França…

    Paulo é um sujeito desempregado, vivendo de esmolas estatais. João é um pequeno comerciante, que gostaria de incrementar seu faturamento operando também aos domingos. Paulo adoraria trabalhar para João, mesmo aos domingos. Afinal, o emprego lhe daria dignidade, algo que esmolas estatais não dão, além de um salário razoável para sustentar melhor a família. João…

  • Sem categoria

    Dostoievsky e o PT

    Por Flavio Morgenstern, publicado no Instituto Liberal A maneira de o PT fazer política é simples e consabida: cria “programas sociais” que nada mais são do que modelos de cotas para qualquer atividade humana, tentando “incluir” mais pessoas na sociedade economicamente ativa. Funcionais ou não, tais programas repetem a mesma estrutura em todos os ramos, tornando cada…

  • Sem categoria

    Bolsa Família, Pão & Circo

    Por Ivan Dauchas, publicado no Instituto Liberal Segundo o economista inglês Thomas Malthus (1766-1834), a pobreza e o sofrimento humano eram o destino inevitável da maioria das pessoas e qualquer tentativa de reduzir esses males tornaria a situação ainda pior. Por isso, Malthus reprovava qualquer política redistributiva que tivesse por objetivo melhorar as condições de…

  • Sem categoria

    O patrimonialismo selvagem

    “Empresários de todo o Brasil, uni-vos! Não tendes nada a perder, senão os grilhões do Estado patrimonialista selvagem!” (J. O. de Meira Penna) O embaixador José Osvaldo de Meira Penna foi um dos pensadores que melhor dissecaram o patrimonialismo vigente na política brasileira, buscando suas origens na herança cultural do povo. O resultado foi sua…

  • Sem categoria

    Restrições às propagandas: no rastro de Cuba e Coreia do Norte

    As restrições às propagandas no Brasil têm aumentado, asfixiando as nossas liberdades. Por trás dessas medidas, podemos identificar o paternalismo, que enxerga os consumidores e cidadãos como mentecaptos indefesos que necessitam da tutela estatal para tudo, e também um possível motivo mais maquiavélico: ao restringir tanto as propagandas, os veículos de imprensa perdem receita e…

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito