Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Tecnologia

Fechar
PUBLICIDADE

Ato

Partido Pirata do Brasil é fundado durante a Campus Party Recife

Processo ainda carece de registro oficial, o que depende da assinatura de cerca de 500 mil brasileiros

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

No sábado (28), durante a realização da Campus Party Recife, foi realizada uma convenção no Centro Social da Soledade, em Recife, no Pernambuco, para a fundação do Partido Pirata do Brasil. Além de discutir e votar as propostas e o estatuto do "PIRATAS", foi feita a fundação do partido (aquisição da personalidade jurídica), que necessitava de pelo menos 101 assinaturas de eleitores de pelo menos 9 estados do país. No evento compareceram pelo menos 120 brasileiros de 14 estados. Porém, para ser um partido oficial ainda é necessário o registro oficial, que carece da assinatura de cerca de 500 mil brasileiros.

Rick Falkvigne, suéco fundador do "Pirate Party", também esteve presente no ato. Ele realizou uma palestra no dia anterior, na qual expôs os princípios pelo qual o partido luta. Eles defendem principalmente a liberdade de expressão, e se opõem às leis de copyright. "Os piratas estão chegando", diz Leandro Chemale, eleito coordenador da regional sudeste do novo partido. "O partido está fundado. Agora é coletar as assinaturas", explica durante um painel sobre o Marco Civil da Internet no sábado.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Tecnologia

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais