PUBLICIDADE
Alguns corpos ficaram carbonizados após os veículos se incendiarem |
Alguns corpos ficaram carbonizados após os veículos se incendiarem
PR-SC

Acidente deixa sete mortos na BR-376

Tragédia ocorreu próximo ao km 674 da pista sentido PR-SC. Estrada ficou bloqueada por quatro horas e meia, mas foi liberada no fim da tarde

  • Atualizado em às

Acidente deixa sete mortos na BR-376 Ampliar

Sete pessoas morreram e sete ficaram feridas em um acidente ocorrido na rodovia BR-376, em Guaratuba, no início da tarde desta quinta-feira (8). A ocorrência foi registrada próximo ao km 674, pouco depois da Curva da Santa, na pista sentido Paraná-Santa Catarina, por volta das 13h10. Anteriormente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a concessionária Autopista Litoral Sul haviam informado que oito pessoas tinham morrido na ocorrência. A pista chegou a ficar totalmente interditada por quatro horas e meia.

Por causa das colisões, alguns veículos se incendiaram e três dos mortos tiveram os corpos carbonizados. O número equivocado de óbitos foi resultado do estado em que se encontravam as vítimas.

A PRF informou que ao menos três caminhões e quatro automóveis se envolveram no acidente. O desastre foi provocado por um caminhão que perdeu o controle na descida da serra, depois que seus freios sofreram superaquecimento.

Alguns veículos chegaram a ser arrastados pelo caminhão e se incendiaram, após a batida. De acordo com a PRF, os carros e caminhões atingidos estavam parados ou trafegavam em baixa velocidade, por conta de duas outras ocorrências sem gravidade, que haviam sido registradas minutos antes na estrada.

Feridos

Sete pessoas ficaram feridas no acidente. Três são funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços à concessionária Autopista Litoral Sul. Eles estavam às margens da rodovia e prestavam atendimento às outras ocorrências que haviam sido registradas no ponto.

Os três são naturais do Maranhão. Eles foram encaminhados ao Hospital São José, em Joinville (SC), um deles, de helicóptero Águia. No fim da tarde, dois já haviam recebido alta. Um havia sofrido um corte na mão e o outro, arranhões leves. O terceiro funcionário da terceirizada foi submetido a uma tomografia e passaria a noite sob observação. Segundo o setor de enfermagem do hospital, há suspeitas de que ele tenha sofrido uma fratura na coluna cervical.

Segundo a Autopista Litoral Sul, as outras quatro vítimas eram ocupantes de carros ou caminhões envolvidos no acidente. Eles receberam socorro médico ainda na pista e não precisaram ser hospitalizados.

Trânsito

A pista sentido Sul (PR-SC) - onde ocorreu o acidente - ficou interditada por quatro horas e meia. No local, chegou-se a registrar 16 quilômetros de congestionamento, segundo a PRF. A via foi liberada por volta de 17h40, depois que os veículos foram removidos. Ainda há lentidão no trecho.

A pista sentido Norte (SC-PR) também chegou a ser totalmente bloqueada, para facilitar o acesso das equipes de socorro ao local. Às 15h30, duas faixas foram liberadas, mas o tráfego no local fluia lentamente. O ponto chegou a ter dez quilômetros de retenção.

Motorista do caminhão que causou o acidente foi detido

O motorista do caminhão que provocou o acidente foi detido em flagrante por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Ele foi encaminhado à delegacia de Guaratuba, no Litoral do Paraná, onde prestaria depoimento. O delegado Lúcio Lugli informou que iria arbitrar fiança e, caso o valor seja pago, o caminhoneiro poderia ir para casa. O valor estimado da fiança é de R$ 3 mil.

Segundo o delegado, o condutor do caminhão deve responder pelas sete mortes. “Ele não queria matar ninguém, mas por imperícia e por negligência acabou provocando os óbitos”, disse.

Lugli afirmou ainda que o tráfego estava lento no local por conta de dois pequenos acidentes, sem gravidade e sem vítimas, que eram atendidos no local por equipes da concessionária que administra a rodovia. “A estrada estava muito bem sinalizada e ele [o caminhão que provocou o acidente] desceu desembestado, arrastando todo mundo”, disse o delegado. A polícia também vai avaliar se o veículo estava em condições de trafegar.

Veja imagens do acidente

Confira no mapa a localização aproximada do acidente

Visualizar Acidente na BR-376 em um mapa maior

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO