Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Doença Infecciosa

Araucária registra casos de raiva em morcegos; saiba o que fazer

O vírus é transmitido após a mordedura ou arranhadura de animais doentes

 | Divulgação
Divulgação
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), fez um alerta aos moradores sobre casos positivos de raiva em morcegos que vêm sendo registrados na cidade. Só nos últimos 12 meses foram três, sendo que o mais recente foi detectado na última semana, em plena região central. Como a doença é, muitas vezes, mortal, a população deve ficar atenta, uma vez que até animais mortos podem estar infectados.

Ao se deparar com um morcego caído no chão, desorientado e com dificuldades para voar, agressivo ou mesmo morto, a orientação é para que o morador tente aprisionar o animal com um balde ou bacia virada para baixo, colocando um peso acima para que o animal não consiga fugir. Em seguida, deve ligar para um dos seguintes telefones: (41) 3901-5286, 3901-5281, 3901-5134 ou 0800-643-3005.

Caso tenha encostado no morcego, a pessoa precisa procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima.

Presente na saliva dos animais doentes, o vírus da raiva é transmitido após a mordedura ou arranhadura de animais doentes. Apesar dos perigos da doença, não se deve sair à caça do mamífero, já que os morcegos auxiliam na polinização das flores e controlam a população de insetos, já que cerca de 70% deles se alimentam só desse tipo de animal. É, portanto, muito importante para o equilíbrio ambiental.

Colaborou: Mariana Balan.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE