Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Manifestação

Ativistas "marcam" imóveis sem ocupação no Centro de Curitiba

Intenção do grupo é mostrar à sociedade que estes locais poderiam ser utilizados por pessoas sem acesso a habitação

Nesta segunda-feira, uma manifestação apontou quatro prédios desocupados em Curitiba que poderiam servir como habitação popular |
Nesta segunda-feira, uma manifestação apontou quatro prédios desocupados em Curitiba que poderiam servir como habitação popular
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Ativistas "marcam" imóveis sem ocupação no Centro de Curitiba

Ativistas sociais da Venezuela, Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil, ligados ao direito à moradia popular, participaram nesta segunda-feira (10) de uma manifestação na região central de Curitiba para alertar sobre as deficiências habitacionais da capital. Durante o protesto, quatro prédios localizados no Centro da cidade, e que não estão ocupados, foram marcados pelos ativistas como locais que poderiam ser utilizados por pessoas sem acesso a habitação.

A manifestação faz parte de um evento, sediado em Curitiba, organizado pela Secreataria Latino Americana de Autogestão Popular, no qual será discutido o direito à habitação social. O debate ocorre até o dia 16 de junho e reúne entidades nacionais e internacionais ligadas ao tema.

“Como em muitas cidades, Curitiba tem inúmeros prédios que não cumprem a função social deles, que não estão servindo para nada. Enquanto isso, o país tem um déficit social muito grande, com pessoas sem casas, moradores de rua. Esses imóveis, sejam públicos ou privados, precisam cumprir suas funções sociais”, explica a coordenadora nacional da União por Moradia Popular, Maria das Graças Silva de Souza.

Confira imagens da manifestação

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE