Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

educação

Aulas na Unespar Paranaguá começam semana que vem, mas obras não foram concluídas

Salas de aula de dois colégios estaduais próximos ao campus serão usadas para receber as turmas

  • Paranaguá
Bloco C da Unespar Paranaguá: entulhos ainda ocupam corredores. | Debora Mariotto Alves/
Bloco C da Unespar Paranaguá: entulhos ainda ocupam corredores. Debora Mariotto Alves/
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

As aulas na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus Paranaguá, começam na próxima segunda-feira (29), mas as obras de reforma do campus, que se iniciaram em outubro de 2014, ainda não foram concluídas. Para receber as turmas, a instituição usará salas de aula de dois colégios estaduais próximos ao campus, o Instituto Estadual de Educação e a escola Helena Viana Sundin.

A Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) informou que a parte emergencial da obra, que era conclusão de dois banheiros, está pronta. Também foram terminadas algumas salas de aula. “Mais de 50% dos alunos vão ficar no campus”, informou a Seti. Os estudantes dos cursos diurnos permanecem na Unespar, os que têm aula durante a noite serão divididos entre o prédio da instituição e as escolas.

São quase dois mil alunos, distribuídos por sete cursos: Administração, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, História, Letras (Português e Português-Inglês), Matemática e Pedagogia.

As aulas de Administração, História, Pedagogia e Matemática serão lecionadas no campus. O curso de Ciências Contábeis teve as aulas divididas entre o prédio da faculdade e o Instituto de Educação, que fica ao lado da Unespar. Já os acadêmicos de Letras vão ter que se deslocar até o Colégio Helena Viana Sundin, na Avenida Coronel José Lobo, próximo a zona portuária.

Entre os alunos, a notícia do início das aulas foi recebida com entusiasmo. “É uma felicidade para mim, começar as aulas do meu tão esperado curso. Agora é se dedicar muito para recuperar o tempo perdido”, disse Luana Biscaia de Oliveira, caloura de Pedagogia.

A Unespar Paranaguá vive uma situação peculiar: não houve um único dia letivo no campus. O conteúdo perdido nesse período vai precisar ser reposto, mas ainda não se sabe qual estratégia vai ser adotada. De acordo com a Seti, primeiro haverá uma reunião para decidir o calendário geral da Unespar, em todo o estado, e depois os professores vão se reunir para definir o calendário em Paranaguá.

Obras foram paralisadas mais uma vez

A reforma da Unespar Paranaguá começou em outubro de 2014 e deveria ter ficado pronta no início de 2015. No entanto, atrasos no pagamento da empreiteira fizeram com que o prazo se estendesse. As notas foram quitadas no final do mês de março, quando as obras foram retomadas. Na época, a Seti priorizou a reforma dos banheiros e de algumas salas de aula, o tempo de conclusão de toda a reforma foi estimado em dois meses.

Nesta sexta-feira (26), os corredores do bloco C da Unespar continuavam cheios de entulho e algumas salas de aula estavam sem porta. A Seti informou que a empreiteira voltou a paralisar a obra, mas, dessa vez, não haveria pagamento atrasado. De acordo com a secretaria, as notas vencem nos próximos dias e estão na programação de pagamento, mas a empresa de engenharia disse que só volta quando o pagamento for registrado.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais