Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

FRONTEIRA

CNH será válida como documento de viagem para ingresso na Argentina

Publicado na edição de quinta do Diário Oficial da União, acordo passa a valer após 30 dias da data da assinatura

  • Fabiula Wurmeister, da sucursal
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A partir do dia 18 de dezembro, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) poderá ser utilizada como documento de viagem válido para a circulação e permanência de brasileiros por até 72 horas entre Foz do Iguaçu, no Oeste do estado, e Puerto Iguazú, na Argentina. Outros documentos como a Carteira Provincial – espécie de identidade estadual - antes não reconhecidos também estenderão o benefício aos argentinos que desejem transitar pela região denominada no tratado bilateral como “Corredor Turístico Iguaçu”.

Tais mudanças que há anos fazem parte da pauta de reivindicações das autoridades e do trade turístico locais para a região estão contempladas no Acordo de Facilitação Turística entre Brasil e Argentina assinado na quarta-feira (18) pelos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Cristina Kirchner, em Brasília. Publicado na edição de quinta-feira (19) do Diário Oficial da União, passa a valer após 30 dias da data da assinatura, quando a flexibilização deverá ser aplicada pelas autoridades de segurança dos dois países.

Segundo a disposição que rege as regras migratórias entre o Brasil e a Argentina e ainda em vigor, o trânsito de brasileiros entre os dois países só é permitida mediante a apresentação da cédula de identidade emitida pelas secretarias de segurança dos estados ou do passaporte válido emitido pela Polícia Federal. A restrição surpreende milhares de turistas todos os anos. Acostumados a circular pelo Brasil apenas com a carteira de motorista ou a funcional, são impedidos de cruzar a fronteira por não serem aceitas no país vizinho.

No texto do acordo, os governos brasileiro e argentino expressam oficialmente com a medida “o desejo das Partes de fortalecer e aprofundar o processo de integração assim como a estreita relação que as une, irmanadas pela História, pela Cultura e pela Geografia”. O documento destaca ainda que os dois países “reafirmam seu desejo de avançar os mecanismos de agilização de controle em áreas de fronteira a fim de facilitar o turismo” já que “as Cataratas do Iguaçu são uma atração natural única compartilhada”.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE