Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Entrelinhas + VER MAIS COLUNISTAS

Entrelinhas

Lixo a céu aberto

  • Marcela Campos - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
 |
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Acondicionar corretamente o lixo é obrigação de quem o produz, que está sujeito a notificação e multa pela fiscalização da prefeitura. Em frente de um restaurante na Rua André de Barros, no Centro de Curitiba, pedestres e comerciantes são obrigados a conviver diariamente com o mau cheiro e o chorume que escorre da lixeira do estabelecimento (foto), deixando a calçada banhada em líquido fedorento e nauseante. De acordo com o Código de Obras e Posturas do município, toda edificação deve ter depósito para a guarda provisória de resíduos sólidos no interior do lote. A lixeira tipo baú precisa estar no limite do terreno do imóvel, principalmente em construções novas. Nas mais antigas, a Secretaria de Urbanismo avalia o espaço livre que a lixeira deixa para os transeuntes na calçada. Irregularidades – tanto de lugar como de condições de lixo depositado – devem ser denunciadas pelo 156 para notificação.

Se a situação não for resolvida no prazo dado pela fiscalização, a multa é de R$ 645. Em caso de reincidência, o valor dobra.

Cão sem cacau 1

Em tempos de Páscoa, os veterinários alertam: o chocolate deve ficar longe dos cães e gatos. Segundo Rhéa Cassuli Lima dos Santos, do Hospital Veterinário Pró-Vita, de Curitiba, o chocolate contém um conservante, a teobromina, que intoxica os cães, provocando aumento na frequência cardíaca. “A teobromina é um conservante que está presente no cacau e é bem tóxico para os cães, como se fosse um veneno. Os gatos também são sensíveis, mas os cachorros acabam sofrendo mais”, explica a veterinária. O conservante estimula o sistema nervoso central e pode causar tremores musculares, acelerar a frequência cardíaca e ter efeito diurético.

Cão sem cacau 2

De acordo com Rhéa, quanto mais escuro o chocolate maior a quantidade de teobromina. Mas ela esclarece: os chocolates brancos são tão perigosos quanto os demais. Para os donos que não querem deixar o pet passar a Páscoa sem um agrado, vale lembrar que em pet shops existem chocolates específicos para os cães, que são isentos de cacau e teobromina, e com quantidade mais baixa de açúcar.

Ai, que fome!

Nos dias mais frios, pratos mais encorpados são uma boa pedida para ajudar a aumentar a temperatura. O bife ou frango à parmiggiana pode ser uma boa opção, ainda mais se for acompanhado de arroz branco soltinho. Veja onde encontrar em Curitiba:

Corrientes 348: O restaurante fica na Rua Gutemberg, 23, no Batel. Serve a versão com baby beef de alcatra de gado britânico . A porção para duas pessoas custa R$ 70

Giraffas: A rede brasiliense (shoppings Curitiba, Estação, Mueller, Palladium, ParkShopping Barigui e na Rua XV de Novembro) serve todos os dias o frango à parmiggiana que acompanha arroz branco, batata frita ou purê ou quatro batatas Giraffinhas. Custa R$ 14,90

Exposição

A mostra “45 Manoel Coelho – ArquiteturaDesign” segue até domingo, dia 20 de abril, no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba. A exposição está na sala 10, no subsolo do MON. O museu estará fechado hoje. No sábado e no domingo abrirá das 10 às 18 horas. Com curadoria de Irã José Taborda Dudeque, a mostra realiza um panorama sobre a trajetória do arquiteto e designer Manoel Coelho, que completou 45 anos de carreira. São projetos visualizados por meio de painéis fotográficos, desenhos, maquetes e vídeos. Manoel Coelho diplomou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná em 1967. Ele participou do processo de planejamento urbano de Curitiba, com projetos como a revitalização da Praça Osório.

Colaboraram: Anna Paula Franco e Gilson Garrett Jr.

Dê sua opinião

O que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

últimas colunas de Entrelinhas

PUBLICIDADE