Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Entrelinhas + VER MAIS COLUNISTAS

entrelinhas

Teste do pezinho na luta contra a fibrose cística

 | Divulgação/Unidos pela Vida
Divulgação/Unidos pela Vida
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Obrigatório desde 2001, o teste do pezinho é um dos principais aliados na prevenção da fibrose cística em recém-nascidos. A doença é rara e consiste em uma alteração na produção dos sucos digestivos, dos mucos e do suor. Os fluidos ficam mais espessos, o que dificulta a eliminação pelo organismo. As consequências: pneumonia, tosse crônica, intestinos anormais, dificuldade em ganhar peso, desnutrição, diminuição na fertilidade, entre outros. Com a medicação correta, é possível anular quase todos os efeitos da doença. Mas vale um alerta: se o teste do pezinho levantar suspeitas de que o recém-nascido tem a doença, o ideal é confirmá-la com o “teste do suor”, feito em crianças com no mínimo 2 meses de vida.

Diagnóstico posterior

Em adultos, é importante ficar atento aos sintomas, que podem ser facilmente confundidos com outras doenças (pneumonia, tosse e desnutrição). Nesses casos, o conselho é fazer o teste do suor. Quem tiver dúvidas pode procurar o Instituto Unidos pela Vida, que tem como objetivo divulgar a doença. Mais informações pelo site www.unidospelavida.org.br.

Horta escolar

A merenda da criançada de Carambeí, nos Campos Gerais, agora vai ser feita em “casa”. É que uma área de 500 m² acaba de virar horta municipal. Lá vão ser produzidos legumes e verduras para alimentar os 2.483 alunos da cidade. O terreno foi revitalizado pelos funcionários da empresa BRF, que criaram os canteiros, plantaram as sementes e cuidaram das primeiras mudas. O terreno foi cedido pela prefeitura.

Campeãs do desafio

No último dia 27, a coluna fez um apelo à prática de atividade física. Era o Dia do Desafio, data em que várias cidades competiram para ver quem conseguia ter o maior número de moradores remexendo o corpo. No Paraná, 204 dos 295 municípios participantes venceram suas disputas. Entre eles está União da Vitória, no Sul do estado, que venceu Baralt, da Venezuela. Foi a oitava vitória seguida do município. Sua cidade irmã, a catarinense Porto União, também foi vitoriosa. A disputa foi com Nueva Esparta, também na Venezuela. A regra era praticar ao menos 15 minutos de atividade física por dia e registrar a participação no Sesc.

Quanto mais livros, melhor

Os alunos do Centro Universitário Uninter estão empolgados com a participação no Projeto Rondon, do governo federal, em julho. Como parte dos preparativos, o grupo quer reunir o maior número possível de livros. A ação deu certo no ano passado, quando a meta de 200 obras foi ultrapassada com folga: foram dois mil doados. O material será entregue à comunidade escolhida para receber a visita dos alunos no projeto de extensão, que ainda será definida. A comunidade externa está convidada a participar. Interessados têm até 18 de junho para deixar os livros em um dos câmpus da Uninter.

Imperador

Em sua visita ao Brasil, em 1997, o imperador japonês Akihito, acompanhado da imperatriz Michiko, passou também em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Essa foi a única vez na história brasileira em que a família imperial do país oriental esteve em uma casa de japoneses e descendentes. Orgulho da comunidade local, a visita motivou a exposição A Cultura Japonesa, em cartaz até o próximo domingo (7), no Shopping São José, no piso L2. A entrada é gratuita.

Oportunidade

Uma boa dica para gestores, voluntários e amigos de instituições sociais. O Instituto Cyrela está com inscrições abertas para reformar o espaço físico de ONGs. A verba é de até R$ 20 mil. O critério é ter um trabalho relevante e de impacto social na comunidade do entorno. Para conferir o regulamento e participar acesse www.institutocyrela.com.br.

Colaboraram: Naiady Piva e Bruna Kobus, especial para a Gazeta do Povo.

Dê sua opinião

O que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

últimas colunas de Entrelinhas

PUBLICIDADE