Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Novela ilustrada

Com vocês, João Cidadão

Projeto da Gazeta do Povo promove a cidadania e conta com a interatividade do público para traçar o final da história do personagem central

  • Jorge Olavo
Série irá contar a história de João Cidadão, do seu nascimento à vida adulta. Internautas definirão o destino do personagem |
Série irá contar a história de João Cidadão, do seu nascimento à vida adulta. Internautas definirão o destino do personagem
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Com vocês, João Cidadão

Lá vem ele. Um cara comum que passaria despercebido por qualquer pessoa se não fosse um detalhe. Ele é o João Cidadão, personagem criado pela Gazeta do Povo para guiar e conscientizar os leitores sobre questões de cidadania – temática recorrente no jornalismo diário relacionada à prática de direitos e deveres previstos pela legislação. A história de João será contada em formato de novela ilustrada, publicada em quatro revistas encartadas no jornal a partir de amanhã – e nas próximas segundas-feiras (7, 14 e 21 de junho).

“Cidadania é um conjunto de direitos humanos, civis, políticos e sociais”, define o cientista político e sociólogo Ricardo Costa de Oliveira, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ele avalia que esse conjunto teve um avanço progressivo no Brasil a partir do processo de redemocratização do país. “O conceito de cidadania é relativamente novo no Brasil. Os Estados Unidos, por exemplo, têm 200 anos de exercício ininterrupto de cidadania”, conta o presidente do Instituto Para­­naense de Direito Eleitoral (Iprade), Luiz Fernando Pereira, também professor de Direito do Centro Universitário Curitiba (Unicu­­ritiba).

A história brasileira marcada pela escravidão, autoritarismo e desigualdade provocou grande atraso no exercício da cidadania nos séculos e décadas passados. “A cidadania foi castrada e represada durante os anos de repressão da ditadura militar”, acrescenta Pereira. Oliveira ressalta que ainda é preciso avançar, diminuindo a desigualdade e ampliando a participação política da população. Ele defende que o melhor caminho para a cidadania é tratá-la em um processo pedagógico de aperfeiçoamento. “É uma prática e um desafio que precisam ser sempre ampliados e discutidos.”

Projeto

Com o intuito de despertar o interesse dos leitores pela cidadania e orientá-los como fazer valer seus direitos de uma forma leve e dinâmica, surgiu a ideia do João Cidadão. “Esperamos que esta série leve aos leitores um serviço abrangente que estimule a busca por seus direitos e o exercício da cidadania”, afirma o diretor de redação da Gazeta do Povo, Nelson Souza Filho. Entre os temas abordados no decorrer das quatro revistas estão contratos trabalhistas, aposentadoria, direito à educação, plano de saúde e garantias para o bebê.

Interatividade

Os episódios vividos por João são a linha condutora de um projeto que integra diferentes mídias e conta com a participação do público. Além do conteúdo impresso, vídeos e informações extras poderão ser consultados pela internet (www.gazetadopovo.com.br/joaocidadao). E, boletins informativos diários, na rádio 98 FM, reforçarão aos ouvintes algumas dicas sobre cidadania.

São os internautas que definirão qual será o destino do personagem na última revista. A votação de cinco episódios começa amanhã e vai até o dia 10 de junho. Dentre as alternativas, João poderá fazer previdência privada, ter sua empresa assaltada e cair na malha fina. A participação do público vai além: dúvidas relacionadas a algumas áreas do Direito (família, trabalhista, consumidor e previdenciária) poderão ser esclarecidas semanalmente em bate-papos on-line com especialistas.

Serviço: O primeiro bate-papo no site do João Cidadão (www.gazetadopovo.com.br/joaocidadao) acontece na próxima quarta-feira, a partir das 15h30, com a advogada Adriana Hapner, presidente do Instituto Brasileiro de Direito da Família e da Comissão de Direito da Família da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná (OAB-PR). No centro do debate estarão questões jurídicas que envolvem a família, como casamento, herança e divórcio. Perguntas já podem ser enviadas para o e-mail projetosespeciais@gazetadopovo.com.br.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE