Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

cartão respeito

Curitiba: pessoas com deficiência poderão solicitar cartão que amplia tempo de travessia em 31 semáforos

Cartão prevê aumento do tempo de travessia nos semáforos inteligentes para pessoas com deficiência ou redução temporária de mobilidade que não tem isenção no transporte público

  • Vivian Faria, especial para a Gazeta do Povo
Atualmente acionado apenas com o cartão de isento, semáforo com maior tempo de travessia poderá ser utilizado por um público maior com Cartão Respeito | Brunno Covello/Gazeta do Povo
Atualmente acionado apenas com o cartão de isento, semáforo com maior tempo de travessia poderá ser utilizado por um público maior com Cartão Respeito Brunno Covello/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Pessoas com deficiência que não têm direito à isenção no transporte público – e que moram em Curitiba – poderão solicitar o chamado Cartão Respeito para ampliar o tempo de travessia nos semáforos inteligentes instalados em 31 cruzamentos da capital (confira a lista abaixo) a partir da próxima segunda-feira (4). O novo cartão, criado em parceria entre a Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPCD) e a Urbs, faz parte do Plano Municipal de Inclusão da Pessoa com Deficiência, que deve ser lançado nesta terça-feira (29) – data em que a cidade comemora 323 anos.

“O objetivo é que toda a pessoa com deficiência tenha possibilidade de utilizar o semáforo com tempo maior”, diz o presidente da Urbs, Roberto Gregório da Silva Junior. Segundo informações da Urbs e da SEDPCD, em torno de 13 mil pessoas estão cadastradas na Urbs, enquanto a população de pessoas com deficiência em Curitiba é de aproximadamente 300 mil. Além delas, o cartão irá atender pessoas com mobilidade reduzida temporariamente. “Essa medida consolida Curitiba como a capital com maior grau de acessibilidade no transporte coletivo. Hoje mais de 90% do sistema é acessível”, completa Gregório.

Para fazer o cartão

Será necessário ir até uma Rua da Cidadania e apresentar um documento com foto, comprovante de residência e laudo médico comprovando a deficiência ou a redução temporária de mobilidade. A validade do cartão será estabelecida de acordo com a necessidade da pessoa: quem tiver deficiência, deve receber um cartão vitalício, enquanto os cartões de pessoas com mobilidade reduzida temporariamente devem expirar de acordo com o que estabelece o laudo médico. O cartão será gratuito.

Ainda não há expectativa de quantos Cartões Respeito devem ser produzidos, mas as primeiras unidades serão entregues no evento de lançamento do Plano Municipal de Inclusão da Pessoa com Deficiência.

Inclusão

Construído em parceria com 23 secretarias, o plano que será lançado reúne ações que já estão sistematizadas pela prefeitura e novas ações necessárias para garantir a inclusão de pessoas com deficiência. As ações são divididas em sete eixos, entre os quais estão arquitetura e urbanismo, educação, e gestão e monitoramento.

Segundo a secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Mirella Prosdocimo, serão lançados um folder e uma cartilha para que os cidadãos possam acompanhar o que é e será feito. “A cartilha tem as principais ações que já são feitas pela prefeitura, as que estão planejadas e onde buscar informações sobre elas”, explica. O objetivo é que, além de acompanhar, a sociedade civil possa apontar que outras ações são necessárias.

Cruzamentos com semáforos inteligentes:

1. Rua 24 de Maio x Rua Pres. Getúlio Vargas (Pça. Ouvidor Pardinho – Unidade de Atenção ao Idoso)

2. Rua Francisco Raitani (em frente ao Hospital do Idoso)

3. Rua Ubaldino do Amaral x Rua Amâncio Moro (próximo à Igreja do Perpétuo Socorro)

4. Rua Amâncio Moro x Rua Mauá (Igreja Perpétuo Socorro)

5. Rua João Negrão x Rua Pedro Ivo (Terminal do Guadalupe)

6. Rua André de Barros x Rua João Negrão (Terminal do Guadalupe)

7. Av. Mal. Floriano x Av. Visconde de Guarapuava (local muitos atropelamentos)

8. Av. Visconde de Guarapuava x Rua João Negrão (INSS)

9. Av. Mal. Floriano Peixoto x Rua Pedro Ivo (Praça Carlos Gomes)

10. Rua Pedro Ivo x Rua Westphalen (Praça Rui Barbosa)

11. Rua Cap. Souza Franco x Av. Vicente Machado (Hospital da Cruz Vermelha e Hospital Geral de Curitiba)

12. Rua XV de Novembro x Rua Camões (Associação dos Deficientes Físicos do Paraná)

13. Av. São José x Rua Fioravante Dalla Stella (Hospital do Cajuru)

14. Rua Engº Benedito M. Da Silva x Rua Filipinas (UPA Cajuru)

15. Via Vêneto x Rua Marcos Mocelin (Unidade de Saúde Santa Felicidade)

16. Via Vêneto x Rua Sta. Bertila Boscardin (Terminal Santa Felicidade)

17. Rua Anne Frank x Rua Napoleão Laureano (Terminal do Carmo)

18. Rua Zonardy Ribas x Rua Maestro C. Frank (Terminal do Boqueirão)

19. Rua Ten. Francisco F. De Souza x Rua Gabriel Corisco Domingues (Terminal do Carmo)

20. Rua João Gbur x Rua Fernando de Noronha (UPA e Rua da Cidadania Boa Vista)

21. Rua Canadá xRua Arary Souto (UPA e Rua da Cidadania Boa Vista)

22. Av. Paraná x Rua Pedro Doska (Unidade de Saúde Santa Cândida)

23. Av. Comendador Franco x Rua Henrique Mehl (local com muitos atropelamentos)

24. Rua Nivaldo Braga x Rua Osmário de Lima (Unidade de Saúde Iracema Capão da Imbuia)

25. Rua Levy Buquera x Rua dos Pioneiros (UPA Sitio Cercado)

26. Av. Toaldo Túlio x Rua Antônio Scorssin (Unidade de Saúde São Braz)

27. Rua Lysimaco F. da Costa x Rua Papa João XXIII (Prefeitura)

28. Rua Dep. Mário de Barros x Rua Carlos Pioli (Igreja do Divino, Celepar, Serpro, Tribunal de Contas e Secretarias do Estado)

29. Rua Waldemar Kost x Rua Anne Frank (Unidade de Saúde Vila Hauer)

30. Rua Carlos Klemtz x Rua Adorides Jesus C. Camargo (UPA Fazendinha)

31. Rua Carlos Klemtz x Rua Gen. Potiguara (Terminal Fazendinha)

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE