Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

Violência

Dois jovens são assassinados dentro de casa em Colombo

Um homem invadiu a residência no Alto Maracanã e atirou contra os dois adolescentes na manhã de sábado (23)

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A família de Cristiane Chmbersk Fragoso, 42 anos, que mora do Jardim Paloma, no Alto Maracanã, em Colombo, na região metropolitana, foi vítima de uma nova tragédia neste fim de semana. Na manhã deste sábado (23), eles foram surpreendidos por um homem armado dentro de casa, que acabou matando duas pessoas. A nora de 16 anos foi assassinada no local e o filho de 15 anos, baleado e encaminhado para o Hospital Cajuru, mas não resistiu aos ferimentos. O caso será investigado pela Delegacia do Alto Maracanã. O motivo das mortes ainda é desconhecido.

Conforme o boletim de ocorrência do 20.º Batalhão da Polícia Militar, o chamado de Cristiane chegou por volta das 8 horas. Os relatos das testemunhas dizem que um homem armado com uma espingarda calibre 36 invadiu a casa, ameaçando a família. Primeiro dirigiu-se ao quarto do filho de Cristiane, e desferiu vários tiros. Em seguida, recarregou a arma e atirou contra a jovem, que morreu na hora.

Enquanto tentava colocar mais balas na espingarda, o homem – um conhecido da família, segundo informações - foi interceptado por um dos moradores, que conseguiu retirar a arma do assassino. Após a briga, o bandido acabou fugindo.

Mais violência

O pai do adolescente morto, Edenilson de Jesus Fragoso, 45 anos, foi morto com uma facada no pescoço em 19 de maio. A autora do crime foi a própria filha de 14 anos que justificou a violência por não aguentar ver a mãe apanhando do pai. A adolescente encontra-se apreendida na Delegacia do Adolescente.

Na época, a mãe da garota, Cristiane, relatou à polícia que esteve casada com Fragoso por 24 anos e que, há alguns meses, os dois estavam separados. Por não aceitar o fim do relacionamento, ele sempre voltava à procurá-la. Na noite do crime, ele invadiu a casa e ameaçou matar a família. Com uma faca de cozinha, a adolescente acertou o pescoço do pai que acabou morrendo.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais