Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

Violência

Fim de semana começa com cinco mortes em Curitiba

Duas mortes ocorreram no Ganchinho, outras duas no Uberaba e uma no Prado Velho

  • Raphael Marchiori
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O fim de semana começou com cinco mortes por arma de fogo em Curitiba. De acordo com dados do Instituto Médico Legal (IML) e da Delegacia de Homicídios, duas mortes ocorreram no Ganchinho. As outras ocorrências foram registradas no Prado Velho, Uberaba e Boqueirão.

A primeira dessas mortes ocorreu no Prado Velho, mais especificamente na Vila Torres, por volta das 22 horas da noite de sexta (24). De acordo com o IML, o corpo de Fernando Bernacki, 35, foi encontrado na rua. Segundo moradores, a região vive um clima de insegurança desde outubro do ano passado devido a uma disputa entre gangues rivais. Em dezembro, escolas e um posto de saúde chegaram a ficar fechados devido à troca de tiros entre esses grupos.

Ainda de acordo com o IML, também na noite de ontem, o corpo de Wesley Cleverson Rinelo foi encontrado com ferimentos de arma de fogo no Ganchinho, área de ocupação do Pinheirinho que ganhou recentemente um conjunto de moradias populares. Segundo a Polícia Militar, o homem foi morto na Rua José Pedro dos Santos, com três disparos de arma de fogo.

Horas depois do primeiro crime, o Ganchinho voltou a registrar uma morte violenta. A vítima foi identificada pelo IML como Miguel Rodrigues da Silva Filho, 56. O homem levou um tiro na cabeça e chegou a ser socorrido pelo Siate na Rua Adalberto Massa, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Já no Uberaba, de acordo com a Delegacia de Homicídios, Joel Alves Dias, 39, foi encontrado morto com um corte no pescoço na Rua Magno Sandal, no Jardim Iguaçu. A suspeita é de que o corte tenha sido provocado por um pedaço de cerâmica.

Outra morte, segundo a PM, foi registrada na Rua Elton Roberto de Moura Torres. Um homem de aproximadamente de 30 anos teria sido vítima de seis disparos de arma de fogo. A Delegacia de Homicídios já apura o caso e identificou a vítima como Emerson Bertuletti, 32. De acordo com equipes da unidade que estiveram no local do crime, o assassinato ocorreu no Boqueirão, na ciclovia do Canal Belém, entre 4h e 5 h. Ainda não há informações sobre suspeitos ou qual teria sido a motivação para o crime.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE