PUBLICIDADE
Violência

Fim de semana começa com cinco mortes em Curitiba

Duas mortes ocorreram no Ganchinho, outras duas no Uberaba e uma no Prado Velho

O fim de semana começou com cinco mortes por arma de fogo em Curitiba. De acordo com dados do Instituto Médico Legal (IML) e da Delegacia de Homicídios, duas mortes ocorreram no Ganchinho. As outras ocorrências foram registradas no Prado Velho, Uberaba e Boqueirão.

A primeira dessas mortes ocorreu no Prado Velho, mais especificamente na Vila Torres, por volta das 22 horas da noite de sexta (24). De acordo com o IML, o corpo de Fernando Bernacki, 35, foi encontrado na rua. Segundo moradores, a região vive um clima de insegurança desde outubro do ano passado devido a uma disputa entre gangues rivais. Em dezembro, escolas e um posto de saúde chegaram a ficar fechados devido à troca de tiros entre esses grupos.

Ainda de acordo com o IML, também na noite de ontem, o corpo de Wesley Cleverson Rinelo foi encontrado com ferimentos de arma de fogo no Ganchinho, área de ocupação do Pinheirinho que ganhou recentemente um conjunto de moradias populares. Segundo a Polícia Militar, o homem foi morto na Rua José Pedro dos Santos, com três disparos de arma de fogo.

Horas depois do primeiro crime, o Ganchinho voltou a registrar uma morte violenta. A vítima foi identificada pelo IML como Miguel Rodrigues da Silva Filho, 56. O homem levou um tiro na cabeça e chegou a ser socorrido pelo Siate na Rua Adalberto Massa, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Já no Uberaba, de acordo com a Delegacia de Homicídios, Joel Alves Dias, 39, foi encontrado morto com um corte no pescoço na Rua Magno Sandal, no Jardim Iguaçu. A suspeita é de que o corte tenha sido provocado por um pedaço de cerâmica.

Outra morte, segundo a PM, foi registrada na Rua Elton Roberto de Moura Torres. Um homem de aproximadamente de 30 anos teria sido vítima de seis disparos de arma de fogo. A Delegacia de Homicídios já apura o caso e identificou a vítima como Emerson Bertuletti, 32. De acordo com equipes da unidade que estiveram no local do crime, o assassinato ocorreu no Boqueirão, na ciclovia do Canal Belém, entre 4h e 5 h. Ainda não há informações sobre suspeitos ou qual teria sido a motivação para o crime.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO