PUBLICIDADE
curitiba

Foragido condenado por latrocínio é preso no Campo Comprido

Homem cumpriu seis dos 20 anos de condenação, e aproveitou o benefício do regime semiaberto para fugir, segundo a polícia

Condenado a 20 anos pela morte de Edson Nascimento durante uma tentativa de assalto, em outubro de 2006, Aloísio Martins Filho estava foragido desde novembro do ano passado. Ele foi preso novamente na segunda-feira (25), depois que uma denúncia anônima forneceu o endereço dele.

Martins Filho, que tem 27 anos, foi preso na Vila Augusta, no bairro Campo Comprido, em Curitiba, por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos. Ele cumpriu pena em regime fechado por seis anos, mas, por apresentar bom comportamento, passou para o regime semiaberto. “Foi dado esse benefício a ele, mas depois de três meses ele fugiu. Agora ele vai voltar para a cadeia e cumprir o que resta da pena”, declarou o delegado Amarildo Antunes.

A vítima trabalhava como confeiteiro em um hotel e à noite ajudava o pai em um mercado da família. Na noite do crime, o estabelecimento foi invadido por quatro homens armados, que tinham intenção de assaltar, segundo a polícia. Nascimento foi baleado mesmo sem ter reagido ao crime, conforme o delegado.

Outro caso

O também foragido da Justiça Fabiano Corrêa da Silva, de 31 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (26) na Travessa Alaor Dacir Conduto, no Sítio Cercado, em Curitiba. Ele foi condenado a seis anos de prisão por um assalto também a uma confeitaria, no Hauer, em 2007, e fugiu da Colônia Penal Agrícola em outubro de 2012.

Silva também foi encontrado a partir de uma denúncia anônima. De acordo com o delegado Amarildo Antunes, ele apresentou carteiras de identidade e de motorista em nome de outra pessoa. “Agora, além da pena que já tinha, ele vai responder pelo crime de uso de documento falso”, explicou.

Receptação

Rodrigo de la Vega Pedroso, de 34 anos, foi preso por receptação na tarde de segunda-feira (25), depois de uma denúncia anônima. Um Fiat Uno que tinha sido furtado em Fazenda Rio Grande, no domingo (24), foi encontrado na casa dele, que fica na Rua 29 de Outubro, no bairro Caximba, em Curitiba.

Um adolescente de 13 anos também estava na residência e foi apreendido. Ele disse à polícia que foi ele quem furtou o veículo. Pedroso confirma a versão do menino. “Ele disse que o adolescente deixou o carro na casa dele, mas ele não sabia que era produto de furto”, disse Antunes. Pedroso não tinha passagem pela polícia. O garoto foi levado para a Delegacia do Adolescente e o carro será devolvido ao dono.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO