Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Futuro das Cidades

Elon Musk, dono da Tesla, quer construir túneis para carros debaixo de Los Angeles

Sim, a ideia é maluca, mas está há algum tempo na cabeça do empresário, que também é cofundador da PayPal e dono da SpaceX, a empresa focada na colonização de Marte

  • The Christian Science Monitor
Empresário cofundador da PayPal e dono da Tesla pretende cosntruir túneis debaixo de Los Angeles. Será que Elon Musk consegue? | Hector Guerrero/AFP
Empresário cofundador da PayPal e dono da Tesla pretende cosntruir túneis debaixo de Los Angeles. Será que Elon Musk consegue? Hector Guerrero/AFP
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O bilionário inovador e investidor Elon Musk anunciou na manhã da última quarta-feira (25) que quer construir túneis debaixo de Los Angeles para diminuir o célebre trânsito da cidade. Muitos encaram suas declarações como brincadeira, mas, com seu histórico de empreendedorismo em projetos ligados aos transportes e com a atenção que a nova administração vai dedicar à infraestrutura, Musk pode até ter uma chance de concretizar a proposta.

Fundador e CEO da empresa de transportes espaciais SpaceX, que trabalha em projetos para uma colonização de Marte, e da Tesla Motors, fabricante de carros elétricos, Musk mencionou seus planos ambiciosos pela primeira vez em dezembro, quando estava preso no trânsito. O co-fundador da PayPal chegou a pensar em um nome para a empresa: Boring (“Entediante” ou “Perfurador”).

Mas seus tuites em tom de brincadeira ganharam viés mais sério na quarta-feira (25), quando ele anunciou no Twitter que pretende começar a construir o túnel partindo da frente de sua mesa de trabalho na SpaceX, na saída do Crenshaw Boulevard para a rodovia Interstate 105, a cinco minutos de distância do Aeroporto Internacional de Los Angeles.

O anúncio de que Musk quer construir túneis debaixo de Los Angeles não chegou a surpreender: ele defende a construção de túneis há alguns anos já. Em entrevista dada em 2015, ele disse que preferiria construir mais túneis para automóveis que ter carros voadores.

“Se extrapolássemos isso para os carros e tivéssemos mais túneis para carros, aliviaríamos completamente os congestionamentos. Nesse caso não haveria necessidade de um carro voador”, falou Musk no programa de rádio Star Talk, de Neil DeGrasse Tyson. “E o túnel sempre funcionaria, mesmo que o tempo estivesse ruim. Nunca ficaria coberto de gelo e nunca cairia sobre a cabeça das pessoas.”

LEIA MAIS sobre o Futuro das Cidades

Uma solução para a hora do rush: e se as cidades funcionassem em turnos?

6 ideias para o futuro da mobilidade

O passado de Elon Musk no setor dos transportes e como visionário tecnológico também pode lhe ter inspirado. O Christian Science Monitor observou em dezembro: “Musk não é novato em matéria de criações grandiosas relacionadas aos transportes. Ele já lançou empreendimentos ambiciosos na área das viagens espaciais pioneiras, da colonização de Marte, já revolucionou os carros elétricos e projetou um novo sistema de trem de alta velocidade que atingiria velocidades superiores a 1.100 km/h.”

O anúncio chegou na esteira da reunião do presidente Donald Trump com altos executivos, na segunda-feira (23), para promover o setor manufatureiro americano e reiterar seu interesse por investimentos infraestruturais.

Os gastos com infraestrutura foram uma das grandes questões citadas por Trump na campanha de 2016. De acordo com o New York Times, o presidente prometeu gastos de entre US$ 800 bilhões e US$ 1 trilhão, pelo menos o dobro do que foi proposto por sua adversária democrata, para estimular a economia americana.

O projeto de túnel aventado por Elon Musk “poderia ser estudado” como parte dos gastos infraestruturais da administração Trump, segundo Bill Cramer, diretor de comunicações da Associação Internacional de Pontes, Túneis e Pedágios.

“A infraestrutura nacional está caindo aos pedaços, de modo geral”, disse Cramer ao USA Today. “Simplesmente não há verbas federais, estaduais e locais suficientes para atender a todas as necessidades infraestruturais do país. Investidores privados, cooperando com governos e políticos estaduais e locais, podem ser eficazes.”

Pouso de foguete da SpaceX abre nova porta para navegação espacial

Elon Musk: o bilionário que promete salvar o futuro da humanidade

Musk também se reuniu com Trump em dezembro e é assessor do fórum Estratégico e de Políticas Públicas do presidente. Esses relacionamentos pessoais podem ser úteis para a concretização de sua proposta ambiciosa.

Nem o Departamento de Obras Públicas de Los Angeles nem o Aeroporto Internacional de Los Angeles reagiram publicamente na quarta-feira (25), mas a aprovação em novembro de uma medida submetida ao voto e que visa a melhoria do trânsito no condado de Los Angeles também pode indicar algum apoio público à proposta de Musk: 71% dos eleitores da região de Los Angeles aprovaram a Medida M, que autoriza a imposição de um imposto permanente de 0,5% sobre as vendas, previsto para gerar US$ 120 bilhões em quatro décadas e que será usado para financiar várias grandes obras para melhorar o trânsito, incluindo melhorias nas rodovias expressas.

Ainda assim, os planos de Musk de construir túneis debaixo de Los Angeles ainda enfrentam obstáculos grandes, incluindo a obtenção de alvarás, como lidar com custos que excedam o orçamento e como superar a resistência pública. A título de exemplo, uma extensão subterrânea da rodovia expressa San Gabriel Valley Route 710, em L.A., projeto orçado em entre US$3,2 bilhões e US$5,6 bilhões, no ano passado entrou para a lista de “obras rodoviárias nacionais faraônicas” da ONG U.S. Public Interest Research Group.

“A Califórnia estuda a possibilidade de priorizar a opção mais cara, mais poluente e menos eficaz para lidar com os problemas de transporte da região –um túnel de abertura única ou dupla”, disse o grupo em comunicado.

Mas alguns observadores encaram a ideia com otimismo. “Se existe alguém capaz de transformar algo que parecia ser uma brincadeira distraída em tecnologia mundialmente transformadora, é ele [Elon Musk]”, previu um redador do Guardian em dezembro.

Tradução: Clara Allain

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE