Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Saúde

Índice de obesidade no Brasil aumenta 54% em seis anos

Dados de pesquisa do Ministério da Saúde também mostram que 51% da população acima de 18 anos está acima do peso ideal

  • Caroline Olinda
 |
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A incidência de obesidade entre os brasileiros aumentou 54% entre 2006 e 2012. De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde divulgada ontem, esse mal atinge 17,1% da população do país. Em 2006, o porcentual era de 11,6%. Nesses seis anos, em nenhum momento houve recuo no avanço dos índices de obesidade.

INFOGRÁFICO: Veja o avanço dos índices de obesidade entre os brasileiros

"A hora é agora. Caso algo não seja feito nada, em dez anos podemos ter números semelhantes aos dos Estados Unidos", afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante a apresentação dos números. No país dos hambúrgueres, a obesidade atinge 27,7% da população.

Os dados da mesma pesquisa indicam que a maioria dos brasileiros adultos está acima do peso. Ao todo, 51% da população acima de 18 anos apresenta índice de massa corporal igual ou acima de 25. Os homens são maioria: 54,5% da população adulta do sexo masculino está gordinha. Entre as mulheres, esse índice é de 48,1%.

Quando se trata de obesidade, o quadro se inverte. Pelos dados do Ministério da Saúde, 17,7% das mulheres são obesas, enquanto a doença atinge 16,6% dos homens. A escolaridade é outro fator relevante. O índice de pessoas obesas com até oito anos de escolaridade é de 21,7%; entre os brasileiros com 12 ou mais os de estudo o porcentual é de 14,4%.

A diferença é mais acentuada entre as mulheres. De acordo com a pesquisa, a obesidade atinge 24,6% das brasileiras de menor escolaridade e apenas 12,9% das que estudaram 12 anos ou mais.

Hábitos alimentares e o sedentarismo ajudam a explicar avanço da doença. Embora tenha havido um aumento no porcentual de brasileiros que consomem a quantidade mínima recomendada de frutas e verduras, o crescimento ainda é tímido: o índice era de 20% em 2008 e agora passou para 22,7%. O porcentual é inferior ao de brasileiros que consomem carne com excesso de gordura – cerca de 30% dos brasileiros – e refrigerante regularmente – aproximadamente 26% da população do país.

Também houve um pequeno aumento no porcentual de brasileiros que praticam exercícios físicos com frequência. Em 2009, esse grupo correspondia a 29,9%; no ano passado, o porcentual passou para 33,5%.

Ações

Apesar da tendência de crescimento da obesidade entre os brasileiros, o Ministério da Saúde pretende manter a política para prevenção e combate ao excesso de peso da população. Entre as ações planejadas está a construção de academias e a contratação de profissionais para orientar a população no uso dos aparelhos e o programa de orientação nutricional para os alunos da rede pública de ensino.

"Percebemos a necessidade de preparar os adultos do futuro, mas também é necessário dar alternativas aos adultos de hoje que já se encontram com sobrepeso", afirmou ontem o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE