Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Curitiba

Manifestação de ciclistas ocupa vagas de estacionamento no Centro Cívico

Protesto organizado por ONG reivindica a criação de espaços que promovam maior presença de ciclistas e pedestres na Av. Cândido de Abreu, umas das mais importantes da capital

  • Antonio Senkovski
Manifestantes reivindicam por mais espaço para ciclistas e pedestres na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico |
Manifestantes reivindicam por mais espaço para ciclistas e pedestres na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Manifestação de ciclistas ocupa vagas de estacionamento no Centro Cívico

Uma manifestação organizada pela ONG Ciclo Iguaçu ocupa cerca de seis vagas de estacionamento de veículos no Centro Cívico, nesta quarta-feira (12). A ação, batizada como “Vaga Viva”, reivindica mais espaço para os ciclistas e para os pedestres na rua. O grupo se reuniu no início da manhã e pretende permanecer no local até por volta das 14 horas.

Jorge Brand, presidente da organização, enfatiza a necessidade para se repensar o modelo de sociedade no qual o espaço para o carro é a prioridade. “Estamos na Avenida Cândido de Abreu, uma das mais importantes da cidade, e nela temos 12 faixas de automóvel, sendo que o ciclista não tem área para circular, o pedestre não tem área de segurança.”

Os integrantes da manifestação, segundo Brand, sugerem que haja uma mudança na estrutura da avenida no Centro Cívico. “Que as calçadas sejam ampliadas, que seja criado um espaço adequado para os ciclistas, com a criação de um espaço de convivência em um local que geralmente é morto [da maneira como está].”

O ativista acrescenta que entre as reivindicações está também a criação do estacionamento rotativo em ruas do Centro Cívico. “Todo o Centro Cívico não tem estacionamento regulamentado [Estar]. O sujeito estaciona aqui – funcionários públicos, por exemplo – para o carro cedo e pega o carro no fim do dia e está tudo bem. Assim temos um bem privado [o carro] que ocupa o espaço público sem contrapartida social, digamos assim.”

Outro lado

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba, que respondeu que vai se posicionar sobre as reivindicações durante a tarde.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE