Maringá

Fechar
PUBLICIDADE

Maringá

Índice de confiança do consumidor registra menor patamar do ano

Pesquisa realizada pela Acim revela que três dos cinco itens analisados registraram alta em relação a maio

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Índice de Confiança do Consumidor Maringaense (ICCM) atingiu o menor patamar do ano no mês junho. É o que aponta pesquisa divulgada nesta sexta-feira (6) pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim). Em maio, o índice atingiu 139,1 pontos, o que indica confiança positiva-moderada na economia e é 3 pontos mais alto do que o registrado em junho do ano passado.

De acordo com levantamento feito com 541 consumidores, três dos cinco índices que compõem o ICCM registraram alta em relação a maio, mas os índices de satisfação financeira e de expectativa nacional tiveram quedas expressivas, de 4,3 pontos e 7,5 pontos respectivamente, o que puxou o ICCM para baixo. Os índices de expectativa de renda, emprego e consumo registraram crescimento entre 0,9 e 1,5 ponto.

Número de endividados caiu

Outra situação positiva para a economia maringaense é o aumento do número de consumidores com as contas em dia. O número de consumidores que afirmaram estar endividados caiu de 91,1% em maio para 89,4% em junho, também o menor patamar do ano.

O motivo mais apontado (23%) para o atraso nas contas é o financiamento de veículos. “Existem fortes indícios que as vendas de veículos comprometeram a renda dos consumidores, o que tornou parte destes compradores inadimplentes”, diz o coordenador da pesquisa, o economista Joilson Dias.

Pesquisa

O estudo toma por base 100 pontos, que indica que a confiança do consumidor está neutra. Quando a pesquisa aponta entre 100 e 125 pontos, indica confiança positiva moderada-boa; entre 125 e 150, confiança positiva muito boa; entre 150 e 200, confiança positiva excelente; entre 75 e 100, desconfiança, prenúncio de desaceleração; entre 50 e 75, desconfiança total e recessão.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais