Meio Ambiente

Fechar
PUBLICIDADE

Denúncia

Polícia Ambiental apreende 43 aves mantidas em cativeiro em Cambé

Um jovem de 28 anos estava de posse dos pássaros. Ele vai responder por crime ambiental

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Polícia Militar Ambiental apreendeu, nesta sexta (3), 43 aves que estavam sendo mantidas em cativeiro em uma chácara no jardim Santo Amaro, em Cambé. Entre as espécies apreendidas estavam tico-ticos, azulões, coleirinhas e trinca-ferros, com 26 aves capturadas. Um jovem de 28 anos estava de posse dos pássaros, e foi autuado em flagrante por crime ambiental.

O subtenente da Polícia Militar Ambiental José Aparecido Pereira confirmou que as aves estavam sendo mantidas em cativeiro de maneira irregular. “São aves que estavam dentro de gaiolas e viveiros, sem a devida autorização dos órgãos competentes. Algumas estavam necessitando de cuidados, e agora vão passar por uma avaliação de biólogos e veterinários”, disse Pereira.

Além dos pássaros, os policiais também encontraram equipamentos de captura de pássaros, como alçapões. Na denúncia que levou à recuperação dos pássaros, havia a informação de que o jovem vendia as aves. “Como nós não pudemos confirmar essa informação, ele vai responder por manutenção irregular de pássaros em cativeiro”, explicou o subtenente.

No último dia 25, a Polícia Militar Ambiental descobriu, também em Cambé, um centro de treinamento de galos para rinha no Jardim Maracanã. Com a ajuda de uma denúncia anônima, foram encontrados 450 galos e aproximadamente 500 quilos de ração no local, que foi interditado.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais