PUBLICIDADE
Presos foram apresentados nesta quinta-feira (4), na DH |
Presos foram apresentados nesta quinta-feira (4), na DH
Delegacia de Homicídios

Operação termina com nove presos no Santa Quitéria e Campo Comprido

Prisões ocorreram na chamada "Favela da Portelinha". Segundo a polícia, presos tem envolvimento com tráfico de drogas e 12 assassinatos ocorridos na região

  • Atualizado em às

Operação termina com nove presos no Santa Quitéria e Campo Comprido Ampliar

Nove pessoas foram presas, nesta sexta-feira (4), em duas áreas de invasão conhecida como “Favela da Portelinha”, entre os bairros Santa Quitéria e Campo Comprido, em Curitiba. Segundo a Delegacia de Homicídios (DH), unidade responsável pela operação, todos os acusados pertencem a um mesmo grupo e teriam envolvimento em pelo menos 12 assassinatos. Mais de 60 policiais da especializada participaram da ação.

A operação foi uma continuidade de outro trabalho realizado pela DH em agosto deste ano, quando uma mulher foi presa. “Na ocasião, nós pudemos mapear o local, além de identificar e qualificar os envolvidos neste grupo. A partir disso, foi possível pedir a prisão dos acusados”, explicou o delegado Cristiano Augusto Quintas dos Santos.

Além dos nove mandados de prisão, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão. Um homem e um adolescente também foram detidos, mas liberados. Segundo o delegado, o grupo era responsável por manter pontos de tráfico no local e estaria envolvido em crimes motivados também por desavenças e brigas. “O que a gente percebeu nas investigações é que é um grupo que fazia justiça com as próprias mãos. Dentro os assassinatos, alguns foram cometidos até por conta de brigas de bar”, disse Quintas dos Santos.

Outros sete acusados estão foragidos. São eles: Chayanne Pereira de Oliveira, Fábio Gomes da Silva, Geison Neves dos Santos, Katlyn Priscila Pereira de Oliveira, Lenadro Luciano da Silva, Eduardo de Souza de lima e Thiago Henrique de Lacerda Francischini.

O delegado Rubens Recalcatti, chefe da DH, afirmou que outras operações como esta serão realizadas pela unidade. Os presos foram identificados como Amaro Marques, de 27 anos, Antonio José de Oliveira, de 50 anos, Arthur Alexandre Gabriel, de 36 anos, Bruno Henrique de Souza Bastos, de 21 anos, Jair dos Santos Ferreira, de 50 anos, Antonio marcos Leandro de Freitas, de 30 anos, Priscila Adaiana da Silva Sckricoski, de 28 anos, João Paulo Leandro de Freitas, de 25 anos, e Jéssica Regiane dos Santos, de 19 anos.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO