Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

Paraná

Renovação de carteira de habilitação deixa de exigir ida a postos do Detran

Procedimentos poderão ser feitos pela internet e motoristas receberão o documento em casa, via Correio, depois de efetuar o pagamento de uma taxa de R$ 106,29

  • Atualizado em às
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O governo do Paraná lançou nesta segunda-feira (22) um novo sistema para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em todo o estado. O serviço passa a ser feito de maneira automática, dispensando os cidadãos que precisam do serviço de irem a uma das sedes físicas do Departamento de Trânsito (Detran-PR). A nova forma de renovar a CNH passa a valer oficialmente para documentos com vencimento a partir do dia 2 de maio, até lá continua valendo o procedimento antigo, que exige o atendimento presencial no órgão.

A nova medida adotada pelo governo estadual prevê que, quando o documento estiver perto do vencimento, o condutor será notificado por uma correspondência. Ele então poderá agendar pela internet a consulta médica - necessária para a obtenção da renovação - e receberá a nova habilitação em casa.

De acordo com o coordenador de gestão de informação do Detran, Rafael Benvenutti, são três tipos de notificações enviadas pelos Correios, sendo que cada pessoa recebe apenas uma das correspondências. O primeiro é um comunicado de que o cidadão não pode renovar sua carteira porque ela foi suspensa ou cancelada. O segundo é um aviso de que a pessoa precisa ir ao Detran para coletar digitais e tirar a foto. O terceiro se trata do boleto para pagamento da taxa e renovação da CNH.

"Nesse sistema automático de renovação, haverá um boleto e um código. A a partir do pagamento, o usuário deve incluir o código no site para agendar os exames médicos necessários para renovar a CNH", disse.

Benvenutti alerta que é obrigação do condutor manter o endereço atualizado no cadastro do Detran-PR. "A pessoa que mudar de endereço pode fazer a modificação dos dados no site. No caso de não receber a carta, o cidadão precisa ir até a sede do Detran-PR para solicitar a renovação", relatou.

O que muda é a forma como o departamento lida com as fotografias que são impressas no documento. Os condutores eram obrigados a tirar uma nova foto documento em todas as renovações. A partir de agora (2 de maio) a foto precisará ser refeita apenas de 10 em 10 anos.

O Detran-PR estima que, no primeiro ano, 527 mil renovações serão feitas pelo novo sistema. O número representa 64% do total previsto para o período. Em três anos, o órgão de trânsito estadual estima que 1,4 milhão de habilitações sejam feitas sem a necessidade de comparecimento aos postos de atendimento em todo o Paraná.

Método antigo

Quem quiser renovar a carteira pelo método convencional pode realizar o procedimento normalmente. O valor da taxa é o mesmo para os dois métodos: R$ 106,29, composto por R$ 46,14 - correspondente ao exame médico - e R$ 60,15 - pago pela emissão do documento em si. Um único boleto é emitido para pagamento.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais