Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Após operação

Salsicha, salame e linguiça são recolhidos em mercado de Curitiba para análise

Agentes da vigilância visitaram um mercado na capital em busca de amostras de embutidos das marcas investigadas pela Polícia Federal. Resultado deve sair em sete dias

 | Henry Milleo/Gazeta do Povo
Henry Milleo/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Agentes da Vigilância Sanitária Municipal fizeram uma ação na tarde desta segunda-feira (20) para buscar amostras de produtos das marcas investigadas pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. Eles visitaram um mercado de Curitiba e colheram amostras de quatro produtos embutidos, que geraram o maior número de dúvidas dos consumidores depois que a operação foi deflagrada na sexta-feira (17). São eles: salsichas, linguiças defumadas, carnes embaladas à vácuo e salames das principais marcas citadas pela Polícia Federal como suspeitas. Todos os itens serão ser analisadas em laboratório, para que se possa detectar se há ou não irregularidades.

Os agentes municipais têm como função analisar os produtos que serão consumidos na cidade, assim como fiscalizar supermercados e restaurantes. A ação foi realizada em parceria com o Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen-PR), que fará a análise das amostras. Os resultados devem ficar prontos em sete dias.

A ação da Vigilância Sanitária continua nesta terça-feira (21), quando outras amostras serão coletadas em outros mercados da capital.

Sobre a Operação Carne Fraca

A Operação Carne Fraca investiga irregularidades em grandes empresas de abate e processamento de carnes no país. De acordo com a Polícia Federal, há indícios de que carnes fora do padrão eram utilizadas em produtos com a conivência de chefes e técnicos do Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa). A PF aponta também que houve enriquecimento ilícito destes servidores, que receberiam vantagens por não fazer a fiscalização de forma correta.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE