Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

rio de janeiro

Suspeito de ataque à base da UPP do Complexo do Alemão se entrega à polícia

Régis Eduardo Batista, o RG, é apontado como um dos homens de confiança do traficante Luís Fernando Nascimento Ferreira, o Nando Bacalhau, líder do tráfico no Morro do Chapadão

  • agência brasil
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um dos quatro homens identificados pela Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar como um dos participantes do ataque à base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, no Complexo do Alemão na última segunda-feira (23) se entregou nesta quinta-feira (26) à polícia, acompanhado de um advogado e de um pastor evangélico.

Régis Eduardo Batista, o RG, é apontado pela Polícia Civil como um dos homens de confiança do traficante Luís Fernando Nascimento Ferreira, o Nando Bacalhau, líder do tráfico de drogas no Morro do Chapadão, na zona norte da cidade. Desde o dia seguinte ao atentado que matou com um tiro de fuzil no peito a soldado Fabiana Aparecida de Souza, 30 anos, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque vêm fazendo operações diárias no Chapadão e também no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, onde os autores do atentado contra a UPP teriam se refugiado.

De acordo com a Chefe de Polícia Civil, delegada Martha Rocha, o traficante é de extrema periculosidade e tem contra ele, “27 mandados de prisão, sendo pelo menos sete por homicídio. Em alguns processos ele aparece como autor da morte de policiais”.

Martha Rocha disse, também, que ele participou do ataque que resultou na queda de um helicóptero em 2009, durante a invasão de uma facção rival ao Morro dos Macacos, em Vila Isabel.

Segundo o titular da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, não haverá necessidade de se fazer a reconstituição do ataque à UPP Nova Brasília. Em reunião com os peritos que trabalham no caso, Rivaldo disse “que o tiro de fuzil que atingiu a policial foi dado de baixo para cima, de uma rua perto da UPP, a uma distância de cerca de 50 metros”.

O Disque-Denúncia já recebeu 60 ligações dando informações sobre o ataque à base da UPP Nova Brasília e ao contêiner de apoio da UPP instalado ao lado. O serviço repassou à PM a informação de que 12 homens armados com fuzis de alta precisão participaram do ataque. O telefone do Disque-Denúncia é (21) 2253-1177. O anonimato é garantido.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

  1. Estela Muller exibe a nova aquisição, uma árvore natalina, e o enfeite herdado da mãe |

    Fim de ano

    O dia certo de montar a árvore de Natal

  2. Antes de comprar o bonsai é preciso saber se as características da planta combinam com o local onde ela vai ficar |

    Jardinagem

    Saiba como cuidar de um bonsai em casa ou no apartamento

  3. Paulo Sandoval: quando infecção destrói parte do  pulmão gera complicações |

    Saúde

    Desinformação leva à morte por pneumonia

PUBLICIDADE