Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

São Paulo

Transbordamento de rio inunda bairros de Jaguariúna

Diversos bairros estão alagados após rios Atibaia e Jaguari transbordarem. Aumento do nível da represa fez com que as comportas fossem abertas e contribuíssem para a situação

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Diversos bairros de Jaguariúna estão alagados, depois que as chuvas dos últimos dias fizeram os rios Atibaia e Jaguari transbordarem. O aumento do nível da represa Jaguari, no Sistema Cantareira, fez com que as comportas fossem abertas e contribuíssem para a situação.

Segundo a Defesa Civil Estadual, os bairros mais atingidos foram Jaguari, Jardim Paraíso, Marginal, Berlim, Nova Jaguari, Estância e Roseira. Cerca de cem casas foram afetadas pelas águas e a população atingida está em abrigos da prefeitura.

Vale do Paraíba

As chuvas dos últimos dias continuam causando problemas para diversos municípios do Vale do Paraíba, onde cerca de 140 famílias já ficaram desabrigadas e cinco mortes foram registradas, nesse caso, em Taubaté, no bairro do Rio Comprido, onde a queda de quatro casas causou o soterramento das vítimas.

O Ministério Público e a Defensoria Pública de Taubaté informaram que pretendem processar a prefeitura se for constatada negligência em relação ao acidente que provocou as mortes e que obrigou a remoção de 120 famílias do bairro, considerado área de risco. As famílias também serão orientadas a acionar juridicamente a prefeitura pelas mortes e por danos materiais.

O prefeito Eduardo Cury negou, em entrevista, que a prefeitura tenha sido negligente. "Todas as casas já estavam mapeadas e as pessoas sabiam que não podiam ficar lá. A lei não permite que a prefeitura retire as pessoas à força, a não ser por decisão judicial, durante o processo de construção. Essas casas já foram construídas lá há mais de 40 anos, não foi esse ano, nem no ano passado", afirmou.

Cury disse que todas as famílias removidas de áreas de risco na cidade receberão R$ 500 de auxílio aluguel e serão inseridas no programa habitacional do município. "Tomamos a decisão de complementar o auxílio de R$ 300 que será pago pelo governo do Estado", afirmou. Ao menos 130 famílias estão aptas a receber o auxílio moradia.

Em Paraibuna, cerca de 40 famílias do bairro do Itapeva, na zona rural, ficaram isoladas com a queda de barreiras na estrada que dá acesso à cidade. Além disso, a Defesa Civil, monitora outros seis bairros do município. A coleta de lixo da cidade também foi suspensa até a próxima segunda-feira, por causa da interdição da estrada que dá acesso ao aterro sanitário municipal.

Dois bairros de Caçapava - Vila Velha 1 e 2 - também ficaram isolados e uma casa localizada na Ilha dos Pescadores, no Rio Paraíba, desmoronou. Segundo a Defesa Civil, 50 residências também foram alagadas na Vila Paraíso, onde o leito do rio Paraíba estava 1,55 metro acima do leito normal.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais