Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

educação básica

Em busca da escolinha perfeita

Prestar atenção em alguns itens pode trazer mais tranquilidade ao difícil momento de matricular o filho em uma escola. A educação de zero a 5 anos é fundamental para desenvolver a confiança, o respeito e o convívio social

  • Carolina Pompeo, especial para a Gazeta do Povo
É na fase da pré-escola que se desenvolvem as noções básicas de convívio social |
É na fase da pré-escola que se desenvolvem as noções básicas de convívio social
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Retornar ao trabalho após um período dedicado exclusivamente à maternidade configura uma das decisões mais difíceis que uma mãe tem de tomar. Não bastasse isso, outra decisão importante se faz necessária: aos cuidados de qual creche ou escolinha a prole será entregue. A escolha da instituição deve ser pautada por critérios que vão desde o projeto pedagógico adotado até a localização mais conveniente, mas, principalmente, deve ser feita de maneira criteriosa.

INFOGRÁFICO: Veja as dicas para escolher uma escolinha

De acordo com Fernanda Roche, psicóloga especialista em Saúde Mental Infantil e diretora da escola Criança em Foco, a educação para crianças de zero a 5 anos é a primeira etapa da formação educacional e fundamental para o desenvolvimento de noções básicas de convívio e interação social, confiança e respeito. “A base do desenvolvimento emocional de uma criança acontece nos primeiros seis anos de vida. É quando ela experimenta todos os sentimentos e vai desenvolver a curiosidade, a criatividade e o interesse pelo outro, a empatia”, explica.

Projeto pedagógico

O primeiro passo para escolher onde matricular a criança é informar-se sobre o projeto pedagógico da instituição, que visa a responder à questão “Por que e para quê esse espaço educativo existe?” Para tanto, estabelece o quê e de que maneira se ensina; as formas de avaliação do aprendizado; a organização do tempo e a utilização do espaço físico da escola.

Também é na proposta pedagógica que se define a formação dos professores e educadores e se prevê cursos específicos de capacitação e atualização profissional. Fernanda destaca que os educadores devem ter capacidade de observação aguçada para identificar as demandas e capacidades de cada criança, personalizando o uso dos recursos educativos disponíveis.

Valores e conceitos

“O projeto pedagógico traduz uma série de valores e conceitos coerentes com a concepção de infância que a escola tem, e que devem estar de acordo com os objetivos e valores das famílias”, explica Fernanda.

Além do projeto pedagógico, os pais devem estar atentos a itens como alimentação, segurança e higiene do local, estrutura física interna e externa, brinquedos e materiais didáticos utilizados e atividades propostas, entre outros. Mas, mais do que uma improvável escola perfeita, o mais importante é encontrar uma escola que reúna aquilo que os pais julgam melhor para seus filhos.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE