Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

lava jato

Com Moro em férias, Lava Jato será conduzida por outra juíza em Curitiba

O magistrado entra em férias nesta terça-feira (20) e volta apenas no final de janeiro. Depois do recesso judiciário, que termina no dia 9 de janeiro, quem assume a 13ª Vara Federal é a juíza Gabriela Hardt

  • Kelli Kadanus
Sergio Moro, juiz responsável pela condução dos processos da Lava Jato em primeira instância | Geraldo Magela/Agência Senado/Arquivo
Sergio Moro, juiz responsável pela condução dos processos da Lava Jato em primeira instância Geraldo Magela/Agência Senado/Arquivo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A partir desta terça-feira (20) a Justiça Federal entra em recesso de final de ano e todos os processos ficam suspensos, inclusive os referentes à Operação Lava Jato. Os trabalhos voltam ao normal apenas no dia 9 de janeiro, mas com as férias do juiz federal Sergio Moro, que terminam apenas no final do mês, a Lava Jato será conduzida pela juíza substituta Gabriela Hardt.

Esta não é a primeira vez que a magistrada toma a frente da 13ª Vara Federal, onde correm os processos da Lava Jato. No ano passado Moro também tirou férias em janeiro e Gabriela assumiu os trabalhos da operação até o retorno do magistrado.

Os prazos processuais, porém, ficam todos suspensos até o dia 20 de janeiro em toda a Justiça Federal. Até lá, não está marcada nenhuma audiência da Lava Jato em Curitiba. Até o dia 9 de janeiro, durante o recesso, a Justiça trabalha em regime de plantão.

As férias de Moro não significam necessariamente que não haverão novas fases da Lava Jato até o final de janeiro. Em 2015, por exemplo, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró foi preso no dia 13 de janeiro ao desembarcar no Rio de Janeiro de uma viagem internacional.

Apesar de Moro estar de férias, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal continuam a trabalhar normalmente. No Ministério Público Federal (MPF), o recesso começa nessa terça-feira (20) e vai até o dia 9 de janeiro. Já a Polícia Federal (PF) não fará nenhuma pausa. Segundo a assessoria de imprensa, haverá uma escala interna, mas o órgão continuará trabalhando normalmente.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE