Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Eleita

Dilma Rousseff é a primeira mulher presidente do Brasil

Às 20h14 deste domingo, o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, anunciou que Dilma está matematicamente eleita. A mineira de 62 anos, iniciou a carreira política no RS, onde ocupou a secretaria de Minas, Energia e Comunicação

  • Gladson Angeli
  • Atualizado em às
 |
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Com 99,98% das urnas apuradas, Dilma tem 56,05% e Serra 43,95% dos votos válidos. Confira a apuração

Dilma Rousseff (PT) é a primeira mulher presidente da República do Brasil. A petista foi eleita neste domingo (31), no segundo turno das eleições presidenciais. Às 20h14, com 92,23% das urnas totalizadas, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, anunciou à imprensa que Dilma está matematicamente eleita.

De acordo com Lewandowski, com 55,39% dos votos válidos, Dilma não pode mais ser ultrapassada pelo candidato do PSDB, José Serra, que estava com 44,61%. De acordo com o presidente, o boletim com este resultado foi gerado às 20h04.

Segundo o ministro, em 2002, foi possível anunciar o vencedor às 23 horas e, em 2006, às 21h30. "Nestas eleições, batemos o recorde em termos mundiais: 20h04. Quero dizer que o resultado reflete a vitória do povo brasileiro e das instituições republicanas, sobretudo da Justiça Eleitoral", disse Lewandowski.

Dilma vai ocupar o cargo a partir de janeiro de 2011, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva conclui seu segundo mandato na presidência. Ao longo da campanha, Lula percorreu todo o Brasil pedindo votos para sua candidata.

Dilma foi nomeada oficialmente candidata a presidente no 4º Congresso Nacional do PT, em Brasília, realizado em fevereiro. No dia 3 de abril, ela desincompatibilizou-se do governo. Candidata do PT à presidência da República é apoiada pela coligação “Para o Brasil Seguir Mudando”, que é integrada pelos partidos PRB / PDT / PT / PMDB / PTN / PSC / PR / PTC / PSB / PC do B.

Antes de assumir sua candidatura, Dilma Rousseff teve que deixar o cargo de ministra-chefe da Casa Civil do governo Lula para disputar a presidência da República, por exigência da legislação. Também foi ministra de Minas e Energia no governo Lula. No Rio Grande do Sul, onde começou a trajetória política, foi secretária estadual de Minas, Energia e Comunicações.

Discurso

Por volta das 22 horas, Dilma fez o primeiro discurso como presidente eleita. Reunida como o vice, Michel Temer, e outras lideranças aliadas, ela falou por cerca de 25 minutos. Dilma afirmou que seu primeiro compromisso é honrar as mulheres brasileiras.

A presidente eleita repetiu várias vezes ao longo do pronunciamento que vai garantir da liberdade de imprensa. “Vou zelar pela liberdade de imprensa, de culto religioso e cumprir a Constituição”, disse.

Ela reforçou, ainda, o compromisso da erradicação da miséria no país, assumido pelo presidente Lula. “Não podemos descansar enquanto houver brasileiros passando fome”, afirmou.

Ao falar de Lula, Dilma se emocionou. “Lula nunca se afastará de nós, seu povo. Baterei na porta dele sempre que precisar”, disse.

Confira a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil

Veja galeria completa dos presidentes brasileiros

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE