Vida Pública

Fechar
PUBLICIDADE

Acidente com dois mortos

Imagens mostram Carli Filho com duas taças de vinho pouco antes do acidente

Gravações, divulgadas pela polícia na quarta-feira (20), são de restaurante onde o deputado esteve antes do acidente, acompanhado de amigos

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A polícia divulgou na quarta-feira (20) imagens do deputado Fernando Ribas Carli Filho (PSB), poucas horas antes do acidente que terminou com a morte de dois jovens em Curitiba. As filmagens são da câmera de segurança do restaurante onde o deputado, de 26 anos, esteve na noite do dia 6 de maio, acompanhado de amigos, e foram exibidas nesta quinta-feira (21) pelo telejornal Bom Dia Paraná, da RPC TV.

Poucas horas depois, o carro que Carli Filho dirigia, um Passat, bateu na traseira de um Honda Fit próximo ao cruzamento das ruas Monsenhor Ivo Zanlorenzi e Paulo Gorski, no Mossunguê. Com a colisão, Gilmar Rafael Yared, de 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, de 20, ocupantes do Honda Fit, morreram na hora.

As gravações mostram o parlamentar passando com duas taças de vinho nas mãos, seguido de um casal que o acompanhava. Na segunda-feira (18), o resultado de um exame realizado pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba comprovou que Carli Filho estava embriagado no momento da colisão.

O último jovem que aparece na imagem gravada no restaurante, um amigo do deputado, foi ouvido na quarta-feira (20) pela polícia. "Segundo a percepção desse amigo, ele [Carli Filho] não apresentava segurança necessária para sair dirigindo. Tanto que o amigo, segundo os autos, tentou convencê-lo para que fosse de carona com ele, o que acabou não acontecendo", disse o delegado Armando Braga de Moraes Neto, titular da Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) de Curitiba, ao Bom Dia Paraná.

Cassação

Por conta do acidente, o advogado Elias Mattar Assad, que representa a família de Gilmar Rafael Yared, protocolou um pedido de cassação do mandato de Carli Filho por quebra de decoro parlamentar. Na segunda-feira (18), o corregedor-geral da Assembleia Legislativa, Luiz Accorsi (PSDB) encaminhou uma notificação ao deputado, que está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Desde então, o parlamentar tem 10 dias de prazo para apresentar sua defesa.

Segundo o Hospital Albert Einstein, o parlamentar ainda se recupera da cirurgia para correção de fraturas no crânio e reconstrução dos ossos da face, realizada há uma semana e que durou 14 horas. Não há previsão de quantas novas operações serão necessárias nem quando o deputado receberá alta.

De acordo com a assessoria de Carli Filho, no momento, a família do deputado não falará sobre o caso. Apenas o advogado criminalista Roberto Brzezinski Neto – contratado para defender o parlamentar – irá se pronunciar, em uma coletiva de imprensa que deve ser marcada para os próximos dias.

Passeata

A família de Gilmar Rafael Yared fará uma passeata pelas ruas de Curitiba na manhã do próximo domingo (24). A caminhada sairá às 10 horas do local onde aconteceu o acidente que matou o rapaz e o amigo dele, no cruzamento das ruas Monsenhor Ivo Zanlorenzi e Paulo Gorski, e seguirá até o Parque Barigui.

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais