Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Jurisprudência

Fechar
PUBLICIDADE

dano moral

Chico Buarque e sua família serão indenizados por ofensa feita no Instagram

“Família de canalhas!!! Que orgulho de ser ladrão!!!”, comentou um jornalista no perfil de uma das filhas do casal

 | Antonio Costa
Antonio Costa
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O cantor Chico Buarque, sua ex-esposa, a atriz Marieta Severo, e as filhas do casal, Sílvia, Helena e Luísa, serão indenizados em R$ 5 mil cada pelo jornalista João Pedrosa, que os ofendeu no Instagram. A decisão é da juíza Simone Gastesi Chevrand, da 25ª vara Cível do Rio de Janeiro.

O que motivou a condenação foi um comentário feito pelo homem no perfil de Silvia na rede social. Na postagem de uma foto antiga, em que a primogênita aparece ao lado do pai e de uma das irmãs, o jornalista comentou “Família de canalhas!!! Que orgulho de ser ladrão!!!”.

Segundo a juíza, a mensagem foi escrita “de forma unicamente ofensiva e fora do contexto admissível a um comentário que se faria após uma postagem de foto familiar”. A magistrada também acredita que a conduta do jornalista foi reprovável e capaz de gerar abalo emocional.

Para arbitrar o valor da indenização, Simone levou em consideração o fato de o réu já ter veiculado pedido de desculpas à família de Marieta Severo e Chico Buarque, antes mesmo do ajuizamento da ação. “A clara demonstração de arrependimento há de ser prestigiada”, anotou na decisão.

De qualquer forma, o jornalista também deve providenciar a publicação da sentença em jornais de grande circulação e em seu perfil no Instagram. Caso não o faça, está sujeito a uma multa de R$ 25 mil.

Chico, assumidamente petista, já foi alvo de outras ofensas devido ao seu posicionamento político. No final de 2015, jovens contrários ao partido bateram boca com o cantor na saída de um restaurante no Rio de Janeiro.

Colaborou: Mariana Balan.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais