Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida Pública

Fechar
PUBLICIDADE

Depoimento a MOro

Movimentos de esquerda querem 50 mil pessoas em Curitiba para defender Lula

Manifestação vai acontecer no dia 3 de maio, quando Lula estará em Curitiba para depor ao juiz Sergio Moro como réu na Lava Jato

Lula: movimentos de esquerda querem transformar depoimento a Moro em ato de apoio ao petista. | Filipe Araújo/Fotos Publicas
Lula: movimentos de esquerda querem transformar depoimento a Moro em ato de apoio ao petista. Filipe Araújo/Fotos Publicas
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Os movimentos de esquerda ligados à Frente Brasil Popular querem transformar o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sergio Moro em um ato de apoio ao petista. A ideia é que cerca de 50 mil pessoas de todo o Brasil estejam em Curitiba no dia 3 de maio, quando Lula irá depor como réu na Lava Jato.

Ainda não há maiores detalhes sobre o ato intitulado Ocupa Curitiba. Não se sabe, por exemplo, se a manifestação vai durar apenas um dia e se os manifestantes pretendem acampar em algum lugar – como o nome do movimento sugere. A reunião nacional da Frente Brasil Popular que vai deliberar sobre o movimento de apoio a Lula durante o depoimento a Moro acontecerá no dia 20 de março.

Segundo Regina Cruz, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) do Paraná, o ato está sendo organizado por uma frente integrada por mais de 70 entidades de todo o país e, segundo ela, já há caravanas sendo organizadas até em Fortaleza (CE) para virem a Curitiba no dia 3 maio. O objetivo do ato, segundo Regina, é prestar solidariedade ao ex-presidente.

Nas redes sociais e em blogs ligados à esquerda, o movimento começa a ganhar corpo com as palavras de ordem “Ocupa Curitiba”,“Eu vou depor com Lula” e “Lula vale a luta”.

Grupos que defendem a Lava Jato também fazem convocação

A manifestação dos movimentos de esquerda tem gerado reações contrárias entre os grupos que defendem a operação Lava Jato. Integrantes do Acampamento Lava Jato, que reúne apoiadores do juiz Sergio Moro em frente à sede da Justiça Federal em Curitiba, já organização uma contramanifestação.

O grupo afirma que os petistas estão se mobilizando para tumultuar a audiência de Lula. “Então, todos para o Acampamento para que nosso juiz possa trabalhar em paz!”, diz a convocação dos defensores da Lava Jato.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais