PUBLICIDADE
Paulo Bernardo: voo em jato de construtora |
Paulo Bernardo: voo em jato de construtora
Jatinho

MPF abre inquérito contra Paulo Bernardo

Texto publicado na edição impressa de 17 de abril de 2012

O Ministério Público Federal em Brasília abriu inquérito para apurar se houve improbidade administrativa do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, ao usar o jato de uma construtora. O Código de Conduta da Alta Administração Fe­­deral proíbe essa atitude. “Nenhuma autoridade pode receber transporte [...] ou qualquer outro favor de fonte privada”, prevê a norma.

A construtora Sanches Tripoloni faz obras públicas com recursos federais no Paraná, base eleitoral do ministro e de sua mulher, ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil). O inquérito que envolve Bernardo deve acabar sendo encaminhado à Procuradoria-Geral da República, instância máxima do Ministério Público.

Hoje, o ministro disse que não poderia comentar o inquérito, o qual declarou ainda desconhecer. Em 2011, quando o voo foi revelado pela revista “Época”, Bernardo divulgou nota em que disse ter viajado em 2010, em finais de semana, feriado e férias, em aviões fretados pela campanha do PT. Ele disse não saber quem eram os dono dos aviões. A construtora afirmou que não comentaria o caso.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO