Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

São José dos Pinhais

Secretário é exonerado do cargo após amigo cair com carro da prefeitura em valeta

Acidente aconteceu na madrugada de quinta-feira. Motorista que dirigia o veículo oficial do município não trabalha na prefeitura

  • Adriano Kotsan
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um acidente de trânsito envolvendo um carro oficial da prefeitura de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, acabou com a exoneração do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento. Adriano Marcus Carias Muhlstedt pediu demissão do cargo na tarde desta sexta-feira (4). Muhlstedt alegou motivos de ordem pessoal para deixar o cargo. O pedido foi aceito pelo prefeito Ivan Rodrigues (PTB).

O ex-secretário e um amigo foram a um jantar na noite de quarta-feira (2) com o carro da prefeitura. Na madrugada de quinta-feira (3), por volta das 3 horas, o veículo sofreu um acidente e caiu em uma valeta numa rua atrás do Aeroporto Internacional Afonso Pena. Quem estava na direção era o amigo do ex-secretário, que não é funcionário da prefeitura.

Aos atendentes do Siate, o rapaz disse que tinha deixado o ex-secretário em casa. Há suspeitas que o jovem tenha consumido bebidas alcoólicas durante o jantar. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, foi aberta uma sindicância interna para apurar as causas do acidente e porque o motorista, que não era funcionário do município, estava dirigindo o veículo.

Antecipando-se à investigação, Adriano Muhlstedt pediu exoneração nesta sexta-feira em caráter irrevogável. O ex-secretário tomou posse junto com a administração atual de São José dos Pinhais, em janeiro deste ano, e recebia um salário líquido de cerca de R$ 9 mil.

Arrependimento

Procurado pela reportagem, o ex-secretário de Agricultura e Abastecimento Adriano Marcus Carias Muhlsdet, reconheceu que cometeu uma falha. "Assumi esse erro e achei por bem não permanecer mais na prefeitura, até para não influenciar no trabalho da secretaria e da administração municipal", explicou.

Muhlsdet afirmou que não consumiu bebidas alcoólicas no jantar. "O arrependimento é uma consequência e ele existe sim. Tomei uma decisão precipitada em relação ao carro, mas seres humanos podem errar", definiu.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE