Vida Pública

Fechar
PUBLICIDADE

Notas Políticas

“Votei e não tenho vergonha”

Enio Verri, deputado estadual |
Enio Verri, deputado estadual
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

“Votei e não tenho vergonha”

No primeiro debate entre os candidatos à presidência estadual do PT, na sexta-feira, em Curitiba, o deputado estadual Enio Verri admitiu ter votado no ex-deputado Fabio Camargo na eleição para conselheiro do Tribunal de Contas (TC). “Votei e não tenho vergonha. A minha intenção ao escolhê-lo era desestruturar o governador Beto Richa, que queria colocar o Plauto Miró no TC”, disse. A declaração foi dada por Verri ao ser questionado pelo advogado Tarso Cabral Violin, filiado ao PT, por que não votou nele na eleição ao TC. Violin concorreu ao cargo hoje ocupado por Fabio Camargo. Verri disse que, além de boa formação, tem mestrado, doutorado e conhecimento suficiente para votar em quem quiser.

Em alta

Celso de Mello

O ministro há mais tempo em atividade no Supremo Tribunal Federal será o centro das atenções até a próxima quar­­ta-feira, quando desempatará o julgamento do mensalão e decidirá se 12 condenados terão direito a serem julgados de novo.

Em baixa

Ministério do Trabalho

A pasta novamente está envolvida em um escândalo de desvio de dinheiro público por meio de uma ONG. Desta vez, o prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 400 milhões. Vários ex-assessores diretos do ministro Manoel Dias são investigados.

Duas rodas

Tramita na Câmara de Curitiba um projeto de lei que propõe estacionamento maior para bicicletas e motos em edifícios da capital. Segundo o projeto dos vereadores Bruno Pessuti (PSC) e Jonny Stica (PT), o espaço não pode ser inferior a 5% do destinado aos carros.

A data

28 de setembro será o dia em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG), pré-candidato à Presidência, estará em Curitiba. Ele irá se reunir com lideranças do partido na Sociedade Thalia. A reunião será a segunda de uma série que o tucano fará pelo país. A primeira será em Maceió (AL), no dia 21. A turnê de Aécio ainda inclui Manaus e Goiânia.

Contra o sujão

Tramita na Câmara de Maringá um projeto de lei para multar as pessoas que jogarem lixo na rua ou não recolherem as fezes dos animais de estimação. A proposta, de autoria da vereadora Carmen Inocente (PP), prevê inicialmente uma advertência. Se voltar a cometer a irregularidade, a pessoa receberia uma multa de R$ 50 a R$ 150.

Voto secreto

A Assembleia Legislativa montou uma comissão para analisar a PEC que acaba com o voto secreto na Casa. A PEC, apresentada pelo presidente da Assembleia, Valdir Rossoni (PSDB), extingue a última previsão de voto secreto que constava da Constituição do Paraná. Um artigo ainda previa essa prática se um deputado for preso em flagrante por crime inafiançável.

Colaboraram: Lucas Gabriel Marins e Bruna Maestri Walter.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida Pública

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais