Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Curitiba

Acidente entre biarticulado e ligeirinho deixa 40 feridos

Colisão ocorreu no cruzamento da Travessa da Lapa com a Rua André de Barros. As 28 vítimas que foram encaminhadas a hospitais já tiveram alta na manhã deste domingo (9)

08/01/2011 | 16:44 | atualizado em 09/01/2011 às 11:28
  • Comentários

Um acidente entre um biarticulado e um ligeirinho deixou pelo menos 40 feridos na tarde deste sábado (8) em Curitiba. A colisão aconteceu, por volta das 15h30, na esquina da Travessa da Lapa com a Rua André de Barros, no Centro. As 28 vítimas que foram encaminhadas a hospitais da capital e da região metropolitana tiveram apenas ferimentos leves e foram todas liberadas até a manhã deste domingo (9).

Um ligeirinho de Fazenda Rio Grande, da empresa Leblon, bateu de frente na lateral de um biarticulado, da linha Santa Cândida/Capão Raso, da empresa Glória. A Rua André de Barros e a Travessa da Lapa possuem semáforo. O acidente teria ocorrido depois que um dos motoristas dos ônibus furou o sinal vermelho. O condutor do biarticulado tentou desviar do ligeirinho e a frente do veículo acabou invadindo uma loja de imóveis. Segundo levantamento inicial do Conselho de Segurança de Edificações e Imóveis de Curitiba (Cosedi), o prédio onde a loja está instalada não teve a estrutura comprometida. De acordo com o tenente coronel Luiz Henrique Pombo, dos Bombeiros, pelo menos 16 viaturas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local para prestar atendimento às vítimas. Um helicóptero também foi utilizado para transportar os feridos para hospitais da capital. As vítimas foram levadas para quatro locais: hospitais Angelina Caron, Cajuru, Evangélico e Trabalhador. ?Tivemos 40 vítimas com ferimentos. Foram mais cortes e escoriações. A pessoa que inspira mais cuidados é o motorista do ligeirinho, pois foi quem sofreu o maior impacto?, diz Pombo. O motorista sofreu ferimentos no tórax e no crânio, mas estava consciente quando foi atendido pelos socorristas. Apuração Dois peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local do acidente para realizar medições, avaliar os danos e conversar com pessoas envolvidas. Um laudo vai definir o que causou o acidente. O motorista do biarticulado não quis gravar entrevistas, mas relatou para as autoridades que o sinal estava verde para ele. O condutor do ligeirinho foi internado. A atendente Márcia Cardinale estava dentro do biarticulado que se envolveu no acidente. ?Quando o expresso passou no cruzamento, o ligeirinho bateu com tudo. Foi coisa de segundos. Eu me segurei e não cheguei a cair, mas várias pessoas caíram?, contou. ?O ônibus parecia estar em uma velocidade normal?, disse Márcia. ?Eu vi que pouco antes do choque, o ligeirinho já vinha buzinando, provavelmente porque o sinal estava mudando de cor?, conta o auxiliar de produção Alcides de Oliveira Francisco, que passava próximo ao local do acidente no momento da colisão. O biarticulado envolvido no acidente deste sábado tem o mesmo prefixo do biarticulado que invadiu uma loja do motos em novembro de 2008. Até as 20h, nenhum representante das empresas Glória e Leblon havia sido localizado para comentar o acidente registrado neste sábado. Trânsito O cruzamento da Travessa da Lapa com a Rua André de Barros foi totalmente bloqueado por cerca de quatro horas. Agentes da Diretoria de Trânsito (Diretran) da capital e do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) foram ao local para orientar os motoristas. Apesar disso, o trânsito ficou complicado no local. Alguns sinaleiros da região pararam de funcionar. Além disso, algumas quadras ficaram sem energia elétrica, já que postes de luz foram derrubados no acidente. Os guinchos das empresas de ônibus foram acionados durante a tarde para realizar o trabalho de retirada dos veículos do local. Os dois ônibus foram removidos por volta das 19h20. Feridos Os 28 feridos que foram atendidos nos hospitais Cajuru, Evangélico, do Trabalhador e Angelina Caron foram todos liberados até a manhã deste domingo. Eles sofreram apenas escoriações. Alguns chegaram a passar a noite em observação, mas já estão em casa. Interatividade: Você presenciou o acidente ou estava em algum dos ônibus no momento da colisão, envie seu relato para a Gazeta do Povo. Comente abaixo! Veja as imagens feitas logo após o acidente por Antônio More. A edição é de Gladson Angeli:

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade