Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Saúde

No Dia D, Maringá atinge menos de 20% da meta de vacinação contra a gripe

Segundo números divulgados pela assessoria de imprensa da prefeitura, apenas 10.536 pessoas se vacinaram. Meta era imunizar aproximadamente 58 mil

07/05/2012 | 12:15 |
  • Comentários

Menos de 20% do público-alvo de Maringá para o Dia D da Campanha de Vacinação Contra a Gripe compareceu aos postos de imunização no sábado (5), segundo números divulgados nesta segunda-feira (7) pela assessoria de imprensa da prefeitura.

No Município, a expectativa da Secretaria de Saúde era imunizar cerca de 57,7 mil pessoas - o que corresponde a 80% do público-alvo, formado por idosos, gestantes e crianças. No entanto, apenas 10.536 pessoas (18,24%) se vacinaram, de acordo com a coordenadora da Sala de Vacina da Secretaria, Edilene Aceti Goes.

“O número é bem baixo. Não sabemos por que as pessoas não compareceram aos postos. O comércio estava aberto, talvez seja por isso. Muitas mães de bebês trabalham, por exemplo. A população precisa se conscientizar sobre o perigo que a gripe oferece”, afirma a coordenadora da campanha.

Para o secretário de Saúde, Antônio Carlos Nardi, é essencial que as crianças, idosos e gestantes se vacinem o quanto antes. “A imunização deve ser feita agora, antes da entrada do inverno, garantindo melhores resultados da vacina”, diz.

Conforme o balanço, foram vacinadas 1.353 crianças (20,25% do total esperado), 8.645 idosos (19,93%) e 538 gestantes (16,10%). A vacinação contra a gripe prossegue até o dia 25 de março.

Redução do risco

Segundo estudos divulgados pelo Ministério da Saúde, a vacinação pode reduzir de 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global.

A partir de 2011, quando foram incluídos gestantes, crianças e indígenas no público-alvo, houve redução de 64,1% nas mortes por agravamento da gripe H1N1 - foram 53 óbitos, contra 148 no ano anterior.

Já o número de casos graves notificados teve redução de 44% - de 9.383 para 5.230. “As pessoas incluídas no público-alvo devem procurar a Unidade Básica de Saúde próxima de sua residência”, alerta o secretário.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade