Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Noroeste

Bombeiros encontram corpo de mulher e cunhado vítimas de afogamento no Rio Paraná

Eles estavam desaparecidos desde a tarde de domingo, quando tentavam salvar outra pessoa que estava se afogando

09/12/2008 | 11:18 |
  • Comentários

O Corpo de Bombeiros de Umuarama encontrou, por volta das 20h de segunda-feira (8), os corpos de Claudenice de Carvalho, de 21 anos, e João Francisco da Cruz Filho, 24 anos, que se afogaram na prainha do Paracaí, localizada às margens do Rio Paraná, em São Jorge do Patrocínio, Noroeste do estado. Os corpos dos dois estavam desaparecidos desde a tarde de domingo (7).

Segundo o soldado do Corpo de Bombeiros de Paranavaí, André Ribeiro Toledo, que participou das buscas, os corpos foram encontrados a 15 metros do local de afogamento, soterrados pela areia.

As duas pessoas estavam abraçadas, em razão da situação em que morreram. No domingo, por volta das 15h, eles tentaram socorrer, Maicon de Oliveira, de 20 anos, que estava se afogando. Em um primeiro momento, a mulher de Oliveira, Claudenice, entrou na água para resgatá-lo. Como também não sabia nadar muito bem, acabou se afogando junto. Vendo a situação, o cunhado da mulher, João Francisco da Cruz Filho, tentou resgatar o casal, mas sem sucesso.

Oliveira, o primeiro a cair na água, foi salvo por outros banhistas e passa bem. Segundo o Corpo de Bombeiros de Umuarama, a profundidade no local onde Claudenice e Cruz morreram afogados fica entre 15 a 25 metros.

Litoral do Paraná

Já dura quatro dias o trabalho de buscas pelo estudante Jefferson Alexandre Buche, de 17 anos, que está desaparecido desde a sexta-feira (5) no mar de Pontal do Paraná, no litoral do Estado. De acordo com o soldado Cláudio Rodrigues, as atividades dos bombeiros acontecem ininterruptamente, inclusive durante a madrugada, concentradas entre os balneários de Monções e Pontal do Sul. “Apesar de a equipe ser pequena, estamos trabalhando em escalas”, conta.

Segundo ele, bombeiros dos batalhões das cidades de Guaratuba e Matinhos estão de prontidão para a necessidade de resgate. “A qualquer momento alguém pode ver o corpo e acionar o Corpo de Bombeiros”, diz. As equipes trabalham, no momento, com dois jet-skis e um veículo que faz buscas pela orla. Rodrigues garante que o trabalho não será encerrado até que o jovem seja encontrado. As chances de o estudante estar vivo é pequena, mas o soldado diz que a possibilidade não está descartada. “Enquanto não o encontramos, há esperanças”, diz.

Buche desapareceu por volta das 12 horas de sexta-feira (5), na praia de Ipanema, na altura da rua principal, no litoral do Paraná. Morador do Rio Bonito de Iguaçu, Centro-Sul paranaense, o estudante participava de uma excursão com outros 14 colegas de sua escola. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, ele estava com dois colegas na água quando despareceu. Eles teriam pisado em um buraco e Jeferson não teria conseguido voltar.

Recomendações

De acordo com os Bombeiros, o número de afogamentos aumenta consideravelmente durante o verão, em razão do calor. "Recomendamos que os banhistas escolham um bom local para nadar e, em caso de afogamento, nunca tentem salvar a vítima. O procedimento correto é atirar um objeto ou uma corda para o resgate. São muitos os casos de morte de pessoas que tentam salvar aqueles que estão se afogando, na maioria das vezes morrem os dois", ressalta o tenente Marlon Pensaki.

Ele também alerta para os pais nunca deixarem as crianças sozinhas e em caso de embarcação, sempre usar um colete salva-vidas.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade