PUBLICIDADE

Saúde

Vinho ajuda a prevenir problemas de coração, e a uva colabora na dieta

Apostar na fruta como opção de sobremesa e na taça de vinho com moderação é a fórmula certa para uma dieta rica e balanceada

(Foto: VisualHunt)(Foto: VisualHunt)

Duas taças de vinho tinto por dia para homens e uma taça para as mulheres é uma fórmula antiga, porém eficaz, para a prevenção da aterosclerose. A doença se caracteriza pelo acúmulo de placas de gordura no interior das artérias, o que pode levar a um enfarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC).

LEIA TAMBÉM:

<<<Ex-fumantes devem fazer exames anuais para conferir o pulmão>>>

<<<Com que óleo eu vou?>>>

<<<Sintomas do zika vírus nas crianças>>>

Como o vinho tem uma maior concentração de resveratrol do que a própria uva, esse antioxidante ajuda a impedir que as placas de gordura se acumulem, diminuindo os riscos. “Ao vinho, acrescenta-se a ação do álcool que, para quem aprecia, tem efeito relaxante e, em doses moderadas, sem contra indicação, pode fazer bem à saúde”, completa Nelson Iucif Junior, médico nutrólogo e diretor da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Na dieta, a uva é indicada com moderação, assim como o vinho. O alto poder antioxidante da fruta compete com o alto valor calórico que ela também contém. Além disso, a uva é ótima fonte de potássio, cálcio, fósforo, magnésio e vitaminas C, K e A.

PUBLICIDADE