0
 
PUBLICIDADE

Turismo

Acordo open sky vai ampliar oferta de voos entre Brasil e Europa

O Brasil e a União Europeia vão as­­sinar, nos próximos meses, um acordo open sky (céu aberto), de liberalização total das operações…

O Brasil e a União Europeia vão as­­sinar, nos próximos meses, um acordo open sky (céu aberto), de liberalização total das operações aéreas entre o nosso país e as 27 nações que compreendem o bloco no Ve­­lho Con­tinente. A novidade foi re­­ve­lada, na semana passada, por Colbert Martins, secretário nacional do Mi­­nistério do Turismo, durante o 35.º Encontro Comercial Braz­toa (associação que reúne as operadoras de turismo brasileiras), em São Paulo (SP).

Martins explica que, com a liberação das operações aéreas entre Brasil e UE, será possível a abertura de novos itinerários, ao eliminar as exigências que até agora impedem a operação livre das companhias. O acordo deve ajudar, ainda, a aumentar as frequências nas rotas de forma progressiva, além de estimular novas parcerias de code-share entre empresas aéreas brasileiras e do Velho Con­tinente. Ele preferiu, no entanto, não arriscar dizer se, com o início do acordo, poderá ocorrer queda nos preços das passagens, por conta da maior concorrência.

Equador

Outra novidade do encontro da Braztoa foi o anuncio do governo do Equador, de que deverão ser lançados, nos próximos meses, voos diretos para o país vizinho, a partir de São Paulo e Rio de Janeiro – hoje é preciso fazer conexões em Lima (Peru). “Através da Tamen, companhia aérea estatal, também estamos negociando novas linhas in­­ternas para facilitar o acesso a destinos pouco conhecidos, como a Rota das Flores, o Trem da Me­­tade do Mundo e a Rota do Spon­dylus”, explicou o vice-ministro de Turismo do Equa­­dor, Luis Falconi.

O encontro da Braztoa, que reuniu 150 expositores, também teve novidades de operadoras de turismo, em­­presas áreas e companhias marítimas. A Visual Turismo, por exemplo, acaba de fechar uma parceria com a caçula das companhias aéreas brasileiras, a Whitejets (fundada no ano passado), para oferecer pacotes para Punta Cana (entre abril e agosto), Cancun (de maio a agosto) e Orlando (de maio a dezembro). A Copa Airlines anunciou que, a partir do dia 15 de ju­­nho, começa a operar voos ligando São Paulo e Rio de Ja­­neiro a To­­ron­­to (Ca­­nadá) e a Nas­­sau (Baha­­mas), sempre com conexão imediata na Cidade do Pa­­namá. Se­­rão quatro voos se­­ma­­nais para cada um dos destinos, com preços a partir de US$ 1.066 (para Nassau). Já a Royal Caribbean apresentou novos roteiros para o verão europeu. O Mariner of the Seas, que navegou na costa brasileira no último verão, começa, em maio, roteiros de 11 a 13 dias, partindo de Ci­­vita­vecchia (próximo a Roma) e escalas em Ná­­poles, Capri, Atenas, Kusadasi, Rodes, Haifa e Creta. O bilhete custa a partir de US$ 860 por pessoa.

O jornalista viajou a convite da Braztoa.
A Mesquita Ortakoy forma um cenário de cartão-postal com a Ponte do Bósforo
Companhias poderão definir suas rotas, sem interferência governamental

PUBLICIDADE