PUBLICIDADE

Turismo

Nova classe para viagens de avião já é realidade: no bagageiro, mas com conforto

O projeto tem como base a experiência de instalar acomodações de descanso para a tripulação na parte debaixo das aeronaves da Airbus

Projeto prevê a instalação de camas nos compartimentos inferiores dos aviões. Imagem: Divulgação

Há menos de dez dias, a companhia aérea australiana Qantas divulgou a ideia de transformar o bagageiro de suas aeronaves em espaços com camas para descanso e até academias. Agora, a Airbus anuncia que está desenvolvendo uma nova classe de cabine de passageiros onde hoje as aeronaves carregam apenas bagagem. A previsão é de que a novidade esteja disponível no catálogo da fabricante até 2020.

> Latam anuncia voos diretos de São Paulo a Tel Aviv, em Israel

Inicialmente apenas o A330 vai receber as novas cabines com camas. Essas cabines serão módulos que poderão ser substituídos por contêineres de carga sempre que necessário. Para viabilizar o projeto, a Airbus firmou uma parceria com a Zodiac Aerospace, empresa de equipamentos aeronáuticos. As simulações feitas pelas empresas sugerem que áreas destinadas a outras atividades também são uma possibilidade.

Ilustração de área para a família e área médica a bordo. Imagem: Divulgação

Todo o desenvolvimento do projeto foi feito com base em uma outra experiência das duas companhias. Áreas do piso inferior das aeronaves já são usadas para disponibilizar instalações de descanso para a tripulação. Trata-se, então, de ampliar essas instalações para que elas também recebam passageiros.

Desenhos mostram como poderiam ser um lounge e uma sala de conferências no bagageiro. Imagem: Divulgação

De acordo com o comunicado da Airbus, “inicialmente, as companhias aéreas poderão fazer suas escolhas em um catálogo de soluções certificadas para o A330. A oferta de compartimentos de dormir na aeronave A350 XWB também está sendo estudada”.

LEIA TAMBÉM:

PUBLICIDADE