PUBLICIDADE

Turismo

Florianópolis ganha primeiro trecho do Caminho de Santiago no Brasil

Ao todo, o caminho brasileiro terá 21 quilômetros entre as praias de Canasvieiras e Ingleses. O trajeto deve ser finalizado na Espanha

Trecho brasileiro do Caminho de Santiago é uma farsa? EntendaCaminho de Florianópolis liga as praias de Canasvieiras a Ingleses (Foto: João Élsio Trierveiler)

A partir do próximo dia 29, os peregrinos que desejarem podem começar a percorrer o Caminho de Santiago de Compostela aqui mesmo no Brasil. Isso porque um trecho de 21 quilômetros, em Florianópolis, foi reconhecido pela Catedral de Santiago de Compostela e integrado ao trajeto histórico. O caminho brasileiro passa por quatro igrejas entre as praias de Canasvieiras e Ingleses e pode servir como iniciação ao caminho espanhol. Para ganhar a Compostela (documento oficial que comprova a peregrinação) é necessário completar no mínimo 100 quilômetros de caminhada, que devem ser finalizados na Espanha.

A inciativa de trazer o trecho do Caminho de Santiago ao Brasil foi dos peregrinos Fábio Tucci Farah e Mariana de Assis Viana Mansur. Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela (ACACSC) definiu o trajeto de acordo com os critérios estabelecidos: distância mínima de 20 quilômetros, iniciando em uma igreja, passando por duas outras e chegando a uma quarta igreja.

A rota começa na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Canasvieiras, depois passa pelas igrejas São Pedro e Nossa Senhora dos Navegantes, e termina os 21 km de extensão no Santuário Sagrado Coração de Jesus, na praia dos Ingleses

Na Espanha, o caminho mais curto é o que liga La Coruña até Santiago, mas o trecho não chega a completar os 100 quilômetros mínimos exigidos. Por isso, em dezembro do ano passado a Catedral de Santiago de Compostela permitiu que outros países criassem trechos pequenos fora da Europa. João Élsio Trierveiler, presidente da associação catarinense, explica que como La Coruña é uma cidade litorânea, optou-se por uma cidade também no litoral aqui no Brasil.

Segundo ele, o percurso brasileiro dura de seis a sete horas de caminhada e apresenta um nível de dificuldade de médio a alto. A recomendação do especialista é não encarar o caminho sozinho. Recomenda-se também o uso de botas de trilha, de bastões e de uma pequena mochila para levar apenas o essencial, principalmente água e lanche.

Grupo da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela em frente à Igreja Nossa Senhora dos Navegantes. (Foto: João Élcio Trierveiler)
Grupo da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela em frente à Igreja Nossa Senhora dos Navegantes. (Foto: João Élcio Trierveiler)

 

Trierveiler ressalta que a procura pelo percurso para o dia da inauguração já é grande. “Estamos organizando ônibus que saiam do centro de Florianópolis até o início do percurso e também que aguarde no final do percurso para retornar ao centro. Além disso, também teremos serviços de guia”, explica. Esse serviço de transporte só estará disponível para o dia de abertura oficial do trecho. Depois, os mapas e as informações sobre o caminho brasileiro estarão disponíveis no site da Associação para que os peregrinos façam o trajeto por conta própria.

Caminho de Santiago de Compostela

Percorrido pela fé, para pagar promessas ou pela própria peregrinação há 12 séculos, o Caminho de Santiago de Compostela fica na Espanha e é composto de diversos percursos que chegam até a cidade de Santiago de Compostela, na Galiza, para venerar as relíquias do apóstolo São Tiago Maior. Para ganhar a Compostela é preciso completar pelo menos 100 km (a pé) ou 200 km (de bicicleta/a cavalo), mas os caminhos mais longos chegam a até 800 km de distância.

Serviço

Abertura do Caminho Brasileiro de Santiago de Compostela

Quando: 29 de junho, peregrinação começa às 8h e a missa será às 16h30
Onde: Peregrinação partirá da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, em Canasvieiras
Quanto: Gratuito, mas quem quiser o documento para ganhar a compostela deve pagar R$ 15
De Curitiba: Florianópolis fica a 300 km da capital paranaense. É possível ir de ônibus pelas empresas Catarinense, Eucatur e Expresso do Sul, com passagens entre R$ 40 e R$ 160.

 

Leia também

Passeio de trem agora inclui descida para trilha no Marumbi, na Serra do Mar

Turismo de observação de baleias, proibido desde 2013, pode ser liberado em Santa Catarina

Passageiros vão receber valores menores para indenização por perda de bagagem

PUBLICIDADE