Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade

Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Jonathan Campos/Gazeta do Povo / Uma das fábricas de confecção parceiras da Oppnus em Pérola Uma das fábricas de confecção parceiras da Oppnus em Pérola
Pérola

Um império do jeans no interior do Paraná

Grupo Oppnus Jeans produz mais de 1 milhão e 300 mil peças por mês, divididas em seis marcas diferentes, que vestem todo o Brasil

26/09/2013 | 20:49 |
  • Comentários

A última parada da Expedição da Moda nesta primeira etapa de viagens foi a pequena cidade de Pérola, ao norte de Cascavel e próxima de Umuarama. Com cerca de 12 mil habitantes, a cidade viu sua história mudar 10 anos atrás com a visão empreendedora de Cleberson Poloto, fundador do que hoje é o Grupo Oppnus.

Cleberson cresceu vendo a família trabalhar em pequenas facções de Pérola, muitas delas costurando para empresas de fora do estado, e logo viu uma oportunidade de lançar seu próprio negócio. A Oppnus Jeans começou produzindo 700 peças ao mês e, hoje, com a criação de outras 5 marcas dentro do grupo, a produção passa de 1 milhão e 300 mil, gerando mais de 15 mil empregos diretos e indiretos.

“Foi uma visão de opotunidade muito grande, pois nos lançamos no mercado de atacado, então o giro de peças sempre foi muito rápido. Investimos em qualidade com um bom preço e uma variedade grande de produtos. Com a velocidade das vendas, hoje eu chego a aprovar 200 modelos diferentes por semana”, conta Paula Assunção, esposa de Cleberson e diretora de criação do grupo.

As 6 grifes do grupo se dividem em marcas “de estrada”, que são vendidas em todo o Brasil por cerca de 230 representantes (Oppnus e All Denin) e as marcas que são vendidas em lojas de atacado (Cacau, República, Jeans.com e Empório). “Cada uma tem sua própria identidade, mas buscamos diferenciá-las pelo valor agregado, com mais ou menos acessórios e outros detalhes. Temos grifes de luxo e outras que atendem o mercado evangélico e também jovens senhoras”, conta Paula.

Ela mesmo nos guiou por todos os setores da empresa, desde a parte de criação, que conta com 16 estilistas, até a modelagem das peças e o gigantesco estoque de aviamentos. Além da sede da empresa, há dois parques industriais, um para os bordados (70 mesas com cerca de 10 máquinas cada) e expedição e outro para o corte dos tecidos (10 mesas com 27 metros cada). Além disso, por quase todas as ruas de Pérola é possível ver um pequeno barracão ou mesmo uma casa em que são feitas a facção e a produção de acessórios e acabamentos.

Detalhes manuais
Em uma dessas casas, conhecemos Dalva Maria Guimarães, que coordena uma pequena equipe de 10 pessoas que fabricam cintos em couro para a D. Mix, que fornece as peças para o grupo Oppnus e também outros clientes. As tiras em couro, de tamanhos e cores diferentes chegam aos maços e são furadas, costuradas e recebem rebites, tachas, pedras e fivelas, que são enfeitadas cuidadosamente com pequenas peças em strass.

Os cintos, ricos em detalhes e texturas, são criação de uma equipe da D. Mix, que desenvolve cerca de 20 modelos diferentes todos os dias. “É uma área mais difícil de buscar referências, então criamos tudo da nossa cabeça mesmo”, brinca Ana Cláudia Rogante, uma das designers da empresa, que chega a produzir mais de 70 mil cintos ao mês.

E é com esse gigante da moda no interior do Paraná que encerramos a primeira etapa desta segunda edição da Expedição da Moda. Acompanhe mais matérias, fotos e os vídeos aqui no site e também na revista Viver Bem Moda & Beleza de novembro. Até a próxima!

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade