Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
A Horta funciona todas as quintas e sextas-feiras,das 13h às 19h. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
A Horta funciona todas as quintas e sextas-feiras,das 13h às 19h.| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Entre lojas e franquias de sapatos, joias e sanduíches, um espaço com morangos, maçãs, pés de alface e batatas. Em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, um shopping inaugurou um espaço batizado de Horta São José, onde os agricultores locais podem vender os próprios produtos.

Aberto na última semana, o espaço é uma parceria entre o shopping São José e a Cooperativa dos Produtores de Hortifrutigranjeiros de São José dos Pinhais. Segundo o tesoureiro da cooperativa, Paulo da Nova, a Horta São José é uma oportunidade para os produtores mostrarem a qualidade dos produtos locais. “Essa aproximação entre a cidade e o campo é muito boa. E fazer isso dentro de um shopping é melhor ainda”, explica.

A Horta está localizada dentro do Shopping São José, no piso L2, e funciona todas as quintas e sextas-feiras, das 13h às 19h. O Shopping está localizado na rua Izabel A Redentora, 1434, Centro, São José dos Pinhais.

Paulo da Nova diz que a experiência tem sido gratificante. “Ainda não estamos trabalhando com cartões. Mesmo assim, teve gente que não conseguiu comprar na semana passada, mas fez questão de aparecer nesta semana com dinheiro”, conta. A máquina, segundo ele, será providenciada para a semana que vem. O preço é outro diferencial. “As pessoas acham que por estarmos num shopping os produtos são mais caros. É ao contrário, nosso produto é muito mais barato que no mercado”, garante. Um bandeja de tomate, por exemplo, é vendida a R$ 2, enquanto uma de cogumelo Paris sai por R$ 6.

O presidente da cooperativa, o produtor Rogério Negoseki, diz que a organização começou há seis meses e tem 20 famílias associadas. “Nosso objetivo é crescer, abrir uma agroindústria e achar um espaço para os nossos produtos. Esse espaço no shopping é uma excelente vitrine. A visibilidade é ótima. Para os consumidores, além de uma surpresa agradável, é uma facilidade para encontrar produtos frescos, direto do produtor, com preços bons”. Por enquanto, a Horta São José trabalha com verduras e legumes produzidas nas propriedades rurais das famílias. As frutas são da Ceasa e as geleias e molhos são de empresas parceiras, mas também da cidade.

O espaço é desenhado nos moldes de uma feira de frutas e verduras,onde os produtores atendem o público. “A sociedade está cada vez mais atenta ao consumo sustentável e de qualidade em relação aos alimentos. A possibilidade de poder comprar frutas, verduras e legumes frescos para levar para casa é mais uma opção para o nosso visitante que pode desfrutar de vários serviços sem sair do shopping”, explica a gerente de marketing do São José, Talita Dallmann.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]