Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Lavoura no estado de Iowa, nos Estados Unidos: proposta de Donald Trum posso ser início de uma tormenta para produtores norte-americanos | JONATHAN CAMPOS/GAZETA DO POVO
Lavoura no estado de Iowa, nos Estados Unidos: proposta de Donald Trum posso ser início de uma tormenta para produtores norte-americanos| Foto: JONATHAN CAMPOS/GAZETA DO POVO

Uma proposta do presidente norte-americano, Donald Trump, divulgada na semana passada desagradou produtores rurais, organizações agrícolas e alguns parlamentares dos Estados Unidos, informou o jornal Chicago Tribune.

O executivo prevê cortes que podem chegar a US$ 28 bilhões em 10 anos para a subvenção de seguros rurais, limitando o valor a US$ 40 mil (atualmente não há limite), além de cortar outros US$ 9 bilhões em subsídios agrícolas. Outra proposta polêmica é a demissão de 5,2 mil funcionários do Departamento de Agricultura (USDA) - 5,5% do atual quadro do equivalente ao Ministério da Agricultura brasileiro.

Segundo a agência de notícias Associated Press, economistas e especialistas em agricultura afirmam que é importante manter o suporte ao setor por representar 11% da mão de obra do país, um total de 21 milhões de empregos, que contribuem com quase US$ 1 bilhão para o PIB do país.

O setor agrícola foi um dos maiores incentivadores da eleição de Trump, em novembro de 2016. “Essa proposta realmente parece ir contra as pessoas que votaram pelo presidente e permitiram sua eleição”, afirmou Zack Clark, diretor de relações governamentais da União Nacional de Agricultores dos Estados Unidos.

Além disso, os cortem acontecem em um panorama de queda de renda no setor, que caiu pelo quarto ano consecutivo.

As medidas ainda precisam passar pela aprovação da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]