Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar | Roberto Custódio/JL
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar| Foto: Roberto Custódio/JL

Brasília – O Fiat Siena, versão sedã do Palio, sempre foi considerado o "patinho feio" desta linha, também formada pela perua Weekend e a picape Strada. Mas a quarta geração do três volumes – que começa a ser vendida a partir do dia 15 deste mês – realmente é uma grata surpresa: o carro finalmente está bonito e ganha fôlego extra para tentar desbancar a liderança do Chevrolet Corsa Sedan em seu segmento.

Visualmente, o que mais chama a atenção no Siena 2008 é a frente – mais afilada – com design diferenciado em relação ao novo Palio, lançado em março deste ano. Uma decisão ousada da marca italiana, já que normalmente a parte frontal de uma linha sempre é semelhante à do modelo que deu origem à família (neste caso, o hatch).

São destaques na frente os pára-choques com apliques cromados na extremidades; os faróis quase ovalados e de policarbonato, com uma ligeira saliência na parábola e a nova grade, que é dividida em duas, mas ambas com molduras cromadas. A Fiat também promoveu uma eficiente mudança na parte traseira do Siena 2008. Agora mais alta, com uma tampa limpa e frisos cromados, a parte de traz recebeu lanternas horizontais. Como resultado, ficou com um ar de Alfa Romeo.

Por dentro, o Siena herdou as melhorias já apresentadas no Palio, como novos tecidos de padronagem dos bancos e renovados mostradores analógicos, com dados como nível de combustível, temperatura externa, relógio digital, My Car Fiat e hodômetro digitais. Na versão EXL Flex, oferecida nos carros com motores 1.0 Flex, 1.4 Flex e 1.4 Tetrafuel, o quadro de instrumentos tem fundo preto, com velocímetro no centro, conta-giros à esquerda e marcador gradual de temperatura da água à direita. Já na versão HLX, disponível apenas no 1.8 Flex, o quadro traz ainda informações do rádio e de portas abertas, além de mensagens de advertência. O espaço interno é o mesmo da versão atual do Siena, que continua a ser vendida na versão 1.0 Fire Flex, mas o ponto positivo é que o banco traseiro agora tem três apoios de cabeça reguláveis em altura.

Preço

Para manter o Siena 2008 bem competitivo em relação ao líder Corsa Sedan, a Fiat não promoveu mudanças no preço da versão de entrada. Assim, o modelo 1.0 Flex custa a partir de R$ 33.660. Já a versão ELX 1.4 sai por R$ 36,6 mil, enquanto a HLX 1.8 custa R$ 44.850. A ELX Tetrafuel, que leva esse nome porque roda com álcool, gasolina, gás natural e gasolina pura (esta não existe no Brasil, mas em outros países do Mercosul), será vendida por R$ 44.960.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]