Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Carros de passeio, ônibus, microônibus, utilitários e até tratores poderão ser obrigados a ter na carroceria faixas refletivas. Este dispositivo reflete a luz tornando o veículo mais visível durante a noite, em dias de chuva ou na neblina.

É o que prevê o projeto de lei (PL) 5449/2005 do deputado federal Max Rosenmann (PMDB-PR), em tramitação na Câmara dos Deputados. Vale lembrar que, desde 2003, todos os caminhões que circulam no país são obrigados a trazer este dispositivo. O projeto ainda está em análise na Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal, que designou como relator da matéria o deputado federal Ary Kara (PTB-SP). Ainda não há data para a votação do PL 5449.

A Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) apóia o uso da faixa refletiva em veículos comerciais leves e reboques como picapes acima de uma tonelada, vans e furgões, mas pede uma análise mais profunda para o uso em automóveis e picapes leves. "As novas regras teriam que ser acomodadas ao designer dos carros fabricados no Brasil, mas não sabemos como os consumidores de outros países reagiriam. É possível que as montadoras fossem obrigadas a ter designers diferentes para o produto vendido no Brasil e o exportado. Isso geraria um encarecimento nos projetos. No caso dos importados, o dilema seria ainda maior, pois as fábricas teriam que decidir se valeria à pena ter um modelo atendendo à exigência brasileira ou se fariam a adaptação aqui mesmo. De qualquer forma, seria um custo a mais para o consumidor", pondera Marco Antonio Saltini, presidente da AEA.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]