Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Quem passa pelo posto Irmãos Ceschin, na BR-116, em Curitiba, pode até achar que esse estabelecimento é mais um entre os milhares que vendem combustível no Paraná. Mas, desde o último dia 20, quem parar no local para abastecer um caminhão, ônibus, jipe ou picape movidos a diesel irá descobrir que o posto está oferecendo um produto que irá ajudar o Brasil a reduzir a emissão de poluentes e que também contribui para a redução do desgaste do motor destes veículos.

O estabelecimento é o primeiro do estado a comercializar o biodiesel, na realidade um combustível denominado B2, que traz uma mistura de 2% de biodiesel e 98% de diesel comum. Segundo informações da Petrobrás, o biodiesel comercializado pelo posto Irmãos Ceschin foi produzido, no interior de São Paulo, a partir do óleo de soja. O preço do produto não sofreu qualquer tipo de alteração, sendo comercializado em Curitiba por R$ 1,79/litro, de acordo com Arthur Ceschin Sobrinho, proprietário do ponto de venda de combustível.

O professor Nei Hansen de Almeida, diretor do curso de Engenharia Química da PUC-PR e que há cinco anos pesquisa a produção de biodiesel, explica que o produto tem várias vantagens em relação ao diesel comum. "É um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis, que pode ser obtido por diferentes processos através de reações químicas de óleos vegetais (soja, mamona e girassol, por exemplo)", explica. Além disso, o produto diminui em 78% a emissão de dióxido de carbono e 98% de enxofre na atmosfera em relação ao diesel comum. "Sem falar que o biodiesel é um ótimo lubrificante e pode aumentar a vida útil do motor", acrescenta Almeida.

Nos próximos meses, mais postos do Paraná passarão a comercializar a mistura de 2% de biodiesel ao diesel comum (B2). Por enquanto, a Petrobrás não tem um cronograma da distribuição no estado. Vale lembrar que, a partir de 2008, o governo federal passará a exigir a mistura de 2% de biodiesel. Depois de janeiro de 2013, a obrigatoriedade será de 5%.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]