Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Até 2020, cerca de 50% da frota brasileira dispensará o pedal de embreagem. | Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo
Até 2020, cerca de 50% da frota brasileira dispensará o pedal de embreagem.| Foto: Ivonaldo Alexandre/Gazeta do Povo

Poder sair de um cruzamento ou semáforo sem a necessidade de trocar de marcha é uma comodidade cada vez mais apreciada pelos consumidores de veículos no Brasil. Segundo as fabricantes, nos próximos quatros anos metade da frota brasileira será equipada com câmbio automático ou automatizado - atualmente está em 15%.

A opção deixou de ser um item de luxo para figurar também em carros de entrada. Pouco mais de uma dezena de modelos que dispensam o uso do pedal de embreagem tem preços abaixo de R$ 60 mil .

Este tipo de tecnologia ainda é novidade para muitos consumidores, por isso existem dúvidas quanto ao manuseio e, principalmente, à manutenção. Vale salientar que o sistema dura mais que o manual. A vida útil dos componentes varia de 200 mil a 250 mil km, em média, caso sejam obedecidas as revisões preventivas, enquanto que no mecânico gira na casa dos 100 mil km.

Saiba como evitar problemas com esse tipo de transmissão

Leia a matéria completa

Cuidados diminuem ‘soluços’ e reduzem consumo

As caixas automática e automatizada possuem diferenças na hora da condução...

Leia a matéria completa

Um dos motivos é o menor desgaste das peças, pois, como não há a troca errada, o risco de quebras fica reduzido. Basicamente, a preocupação é efetuar a substituição/reposição de óleo no período correto, conforme previsto no manual do proprietário - a média é a cada 40 mil quilômetros.
QUAL COMPRAR?: Veja as modelos até R$ 60 mil

15%

da frota brasileira são veículos dotados de câmbio automático ou automatizado. Até 2020, a previsão dos fabricantes é de que esse volume salte para 50%. Atualmente, são mais de 90 modelos que dispensam o uso da embreagem, entre importados e nacionais.

OPÇÕES: Conheça os diferentes tipos de câmbio
Contudo, pode ocorrer problemas elétricos e panes no caso de um vazamento descoberto tardiamente. “Trancos ou patinação nas passagens de marchas ou pingos de óleo no chão são fortes indícios de que algo está errado”, alerta Eric Ricardo do Nascimento, técnico da Bortollini - Casa do Câmbio Automático, em Curitiba.

Ele conta que já recebeu carros com 20 mil km rodados que apresentavam queima do sensor elétrico e com 100 mil km, que acusavam falta de revisão preventiva. “Alguns clientes simplesmente nunca haviam feito a troca de óleo e de filtro”, salienta.

O sistema automatizado tem uma manutenção simples pelo fato de a embreagem e as engrenagens serem as mesmas ou possuírem poucas alterações em relação ao modelo mecânico. A recomendação é a substituição do fluido a cada 60 mil km.

Porém, Nascimento dá um conselho: “Evite ‘segurar’ o carro numa parada em subida pisando no acelerador, como é possível no caso do automático. Assim como numa transmissão manual, tal procedimento forçaria a embreagem, o que irá reduzir a vida útil.”

O profissional explica que qualquer anomalia será notificada pelo computador de bordo ou pela luz espia no painel de instrumentos. “Na maioria das vezes o sistema entra no modo de emergência, liberando apenas a terceira marcha e a ré, e bloqueando as demais. Quando isso ocorrer, evite continuar circulando com o carro. O ideal é guinchá-lo até uma oficina especializada”, orienta.

Custo

O custo para a manutenção simples (troca de óleo e filtro) na caixa automática varia de R$ 300 a R$ 800. Já a reparação de todo o mecanismo, por uma problema causado pela falta de revisão, por exemplo, vai de R$ 4 mil a R$ 7 mil. Na opção automatizada, a manutenção sai por R$ 300, enquanto que na reparação o cliente terá de desembolsar de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil.

Tipos de câmbio

Veja os modelos disponíveis no mercado:

Automatizado

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2015/09/04/Automoveis/Imagens/Cortadas/Cambio i-Motion-kWRF-U101626565037RiG-1024x768@GP-Web.jpg

Ele opera manualmente por uma embreagem eletrônica, que é acionada enquanto o motorista acelera. É menos confortável que os demais, porém há um macete para reduzir os trancos: aliviar o acelerador na hora das trocas. O sistema é, em média, R$ 2 mil mais caro que o mesmo modelo com câmbio manual, porém, chega a ser metade do cobrado em um automático.

Automático

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2015/09/04/Automoveis/Imagens/Cortadas/Hyundai HB20-757-kWRF-ID000002-1024x768@GP-Web.jpg

O sistema usa um conversor de torque no lugar da embreagem. Na maioria dos casos, garante trocas suaves e sem trancos, mas é um pouco menos econômico que o automatizado.

CVT

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2015/09/04/Automoveis/Imagens/Cortadas/Honda CVT2-kWRF-U101626565037rH-1024x768@GP-Web.jpg

Sigla usada para ‘Transmissão Continuamente Variável’. A troca de velocidades se dá por meio de polias controladas eletronicamente que ficam ligadas a uma correia. Não possui um número definido de marchas. É a opção mais confortável, pois não proporciona trancos, com o ganho de velocidade ocorrendo de forma progressiva.

Dupla embreagem

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2015/09/04/Automoveis/Imagens/Cortadas/Ford Powershift-kWRF-U101626565037grD-1024x768@GP-Web.jpg

Trata-se de um câmbio automatizado com duas embreagens que se revezam na troca de velocidades – uma faz as marchas pares e a outra as marchas ímpares. Ágil nas transmissões, ela proporciona uma direção mais suave e quase não apresenta trancos.

Confira as opções até R$ 60 mil

TIPO DE CÂMBIO PREÇOS

Chevrolet

Onix 1.4 LT (saiba mais) Automático R$ 52.750
Prisma 1.4 LT Automático R$ 56.690

Citroën

C3 1.6 Tendance (saiba mais) Automático R$ 55.290

Fiat

Uno 1.4 Way (saiba mais) Automatizado Dualogic R$ 46.158
Palio 1.6 Essence Automatizado Dualogic R$ 53.870

Hyundai

HB20 1.6 Comfort Plus (saiba mais) Automático R$ 54.595

Kia

Picanto 1.0 Automático R$ 46.900

Peugeot

208 1.6 Active Pack Automático R$ 55.890

Renault

Sandero 1.6 Expression Automatizado Easy-R R$ 49.200
Logan 1.6 Expression Automatizado Easy-R R$ 52.900

Volkswagen

1.0 move Automatizado i_motion R$ 44.490
Gol 1.6 Comfortline Automatizado i-Motion R$ 52.250
Fox 1.6 Comfortline Automatizado i-Motion R$ 54.290
Voyage 1.6 Comfortline Automatizado i-Motion R$ 55.990

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]